Signo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1130 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de dezembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Signo
Mariana Fiel, nº7721
Ciências da Arte e do Patrimonio,1º ano
FBAUL, 2013/2014

Sumário
1.Introdução……………………………………………………………………1
2.Desenvolvimento…………………………………………………………….2
2.1 Signo, Significante e Significado…………………………………………. 2
2.2 Imagem e representação………………………………………………… 2
3. Princípios da linguagem …………………………………………………… 2
3.1 Primeiro principio: Arbitrariedade doSigno……………………………….2
3.2 Segundo Principio: Linearidade do Significante………………………… 3
4.Planos linguísticos……………………………………………………………3
5.Divisão e classificação de Signos…………………………………………....3
6.Conclusão…………………………………………………………………….4
7.Referencias…………………………………………………………………...5

Resumo:
Apresenta-se o modo como Ferdinand de Saussure veio revolucionar o pensamento em relação à linguística ao implementar o conceitode “Signo” e caracterizando os seus componentes principais: a arbitrariedade do Signo e a linearidade do Significante. Por fim, exemplifica-se o conceito com outro autor, Pierce.
1.Introdução
Neste trabalho visa-se explorar o signo linguístico, segundo Saussure que foi o primeiro pensador a dedicar-se a esta problemática.
Este trabalho inicia-se com uma breve análise do conceito “signo”,assim como os componentes que o definem, significante e significado. Explora-se ainda os princípios e características fundamentais da linguagem, a arbitrariedade do significante e a linearidade do signo. Por fim, confronto Saussure com o filósofo Pierce.
2.Desenvolvimento
2.1 Signo, Significante e Significado
Ferdinand de Saussure, oriundo da Suíça, considerado um dos grandes filósofos do séc.XIX, destaca-se na linguística, e veio revolucionar o pensamento relativamente a esta, exercendo grande influência na literatura e a nível cultural. Estabeleceu a língua como um sistema semiológico e separou os elementos psíquicos dos físicos e fisiológicos.
2.2 Imagem e representação
O signo linguístico une não uma coisa e um nome, mas um conceito e uma imagem acústica( Sausure:1916/1999: 122)Segundo Saussure o conceito (significado) e imagem acústica (significante) são termos opostos, mas relacionam-se igualmente. Como nos indica na citação acima, o sistema de signos para Saussure é a combinação entre o conceito e a imagem acústica. Esta pertence ao plano da expressão e define-se como a representação natural da palavra, como facto virtual da língua. Aqui, o conceito é mais abstrato emrelação à imagem acústica, pois diz respeito à representação a nível dos sentidos ou seja, corresponde à representação mental de um objeto ou da realidade social em que nos situamos.

3. Princípios da linguagem
3.1 Primeiro principio: Arbitrariedade do Signo
O laço que une o significante e o significado é arbitrário, ou melhor, uma vez que entendemos por signo o total resultante daassociação dum significante a um significado: o signo linguístico é arbitrário.( Saussure:1916/1999:124)
A arbitrariedade do signo é a relação que existe entre significante e significado em cada grupo humano, fazendo atribuir à mesma ideia expressões diversas consoante o sitio ou época em que nos situamos. Assim, o veículo que une estas duas faces do signo é a natureza convencional, ele assenta num hábitocoletivo, isto é há uma concordância de um determinado povo. Com isto, a semiologia tem como base a arbitrariedade dos signos, restringindo-se ao plano cultural.

3.2 Segundo principia: Linearidade do Significante
Desenvolve-se no tempo e no tempo vai buscar as suas características (Saussure: 1916/1999:128)
A linearidade do significante é de natureza auditiva, por desenvolver-se no tempo erepresentar uma extensão mensurável numa só dimensão (linha). Podemos escolher os elementos que queremos com o intuito de transmitir uma ideia, isto é, um conjunto de significantes acústicos que se apresentam uns a seguir aos outros e formam uma cadeia. Saussure afirma que se um sujeito apresenta livre-arbítrio face a uma ideia, este não o emprega livremente, mas imposto, uma vez que o...
tracking img