Si em saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2605 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1

SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE
Conceito: Como em qualquer outra atividade, no setor saúde a informação deve ser entendida como um redutor de incertezas, um instrumento para detectar focos prioritários, levando a um planejamento responsável e a execução de ações de que condicionem a realidade às transformações necessárias. Planejar

Avaliar

Executar

Planejamento é um processo detomada de decisões que, com base na situação atual, visa a determinação de providências a tomar objetivando atingir uma situação futura desejada. Situação Atual Processo de transformação Situação Futura

A Organização Mundial da Saúde define Sistema de Informação em Saúde -SIS como um mecanismo de coleta, processamento, análise e transmissão da informação necessária para se planejar, organizar,operar e avaliar os serviços de saúde. Considera-se que a transformação de um dado em informação exige, além da análise, a divulgação, e inclusive recomendações para a ação. No novo modelo de assistência à saúde, é preciso reverter a atual situação de centralização de dados, de limitação do uso dos mesmos, da demora com que são analisados e que retornam para o nível local, idealizando um novo sistemaem que os dados passem a ser analisados no próprio município, gerando de forma oportuna subsídios para o planejamento e para as ações em saúde, bem como de ações para a melhoria da qualidade dos dados. Conhecer os passos de cada uma das etapas de um Sistema de Informações é de fundamental importância para garantir não só a fidedignidade das bases de dados, mas também a permanência e plenautilização das mesmas. A figura 1 permite a visualização dessas etapas.

2

COLETA
Origem e Registros dos Dados

PROCESSAMENTO
Recebimento e Controle (Avaliação)

DECISÃO E CONTROLE
Análise Preliminar dos Dados

Ordenamento dos documentos da coleta

Pedido de Informação Adicional

Comparação com Parâmetros

Controle da Quantidade e do Conteúdo

Codificação

Identificação e Análisedas Discrepâncias

Transmissão

Digitação e Crítica

Opções de Decisão

Classificação e Tabulação

Controle de Erros e Inconsistências

Cálculos Básicos

Apresentação

Figura 1 - Etapas de um Sistema de Informações

FONTE: MORAES, Ilara H.,S., INFORMAÇÕES EM SAÚDE: DA PRÁTICA FRAGMENTADA AO EXERCÍCIO DA CIDADANIA - ADAPTAÇÃO

3 Principais Sub-Sistemas de Informação em Saúde Alémdos grandes bancos de dados gerados por atividades de outros setores (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada-IPEA, etc) e estudos amostrais realizados por universidades e outras instituições, o SIS é composto por diferentes Sub-sistemas, que produzem uma enorme quantidade de dados referentes à atividades setoriais em saúde, gerando grandesbancos de dados nacionais, dos quais se destacam:
INSTRUMENTO DE COLETA Declaração de Óbito Declaração de Nascido Vivo FINotificação e FIInvestigação

SISTEMAS

EVENTO Óbito

FLUXO Cartório SMS Regional SES Unidade SMS Regional SES Unidade SMS Regional SES Unidade SMS Regional SES Unidade SMS Regional SES

USOS (ALGUNS) Estudos de mortalidade, Vigilância de Óbitos (infantil, materno, etc.)Monitoramento da Saúde da Criança Vigilância a Criança de Risco Acompanhamento dos agravos sob notificação, surtos, epidemias, etc. Morbidade hospitalar, Gestão hospitalar, Custeio da Atenção Hospitalar Acompanhamento da produção ambulatorial, Gestão Ambulatorial Custeio da Atenção Ambulatorial,

SIM

SINASC

Nascido Vivo

SINAN

Agravos Sob Notificação

SIH

Informação HospitalarAIH

SIA

Produção Ambulatorial (Agregado)

BPA

OUTROS

API, SISVAN, SIAB, SIGAB, ETC.

A seguir, apresentamos um quadro resumo desses sub-sistemas, que inclui além de breve descrição de cada um, considerações sobre fluxo, abrangência, variáveis mais importantes, tipo de informação gerada (indicadores), principais limitações e forma de acesso das informações, incluindo o...
tracking img