Sexualidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5237 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIMONTE
CENTRO UNIVERSITÁRIO MONTE SERRAT



















SEXUALIDADE





















SANTOS
27/10/2009
UNIMONTE
CENTRO UNIVERSITÁRIO MONTE SERRAT









SEXUALIDADE












TRABALHO APRESENTADO PELA DISCIPLINA NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS; MINISTRADA PELA PROFESSORA CHRISTIANNE FERNANDES GARCIA.
INTEGRANTESDO GRUPO: CRISTINA CIRINO, FERNANDA GUIMARÃES, MARCIA PUSTIGLIONE, NAYARA FRANÇA E RAQUEL VICENTE.






SANTOS
27/10/2009
CONSIDERAÇÕES INICIAIS

A sexualidade e as relações de gênero são conceitos que ainda parecem distante da grande parte da sociedade. Porém, para nós educadores, a sexualidade é um tema transversal que deve ser trabalhado em espaço escolar e também devemos trabalharcom as relações de gênero que tanto permeiam as concepções da nossa sociedade de grande herança patriarcal, em que os homens sempre ditaram os rumos econômicos, sociais e culturais.
Definição de sexualidade pela Organização Mundial de Saúde (OMS):

“A sexualidade humana forma parte integral da personalidade de cada um. É uma necessidade básica e um aspecto do ser humano que não pode serseparado de outros aspectos da vida. A sexualidade não é sinônimo de coito e não se limita à presença ou não do orgasmo. Sexualidade é muito mais do que isso. É energia que motiva encontrar o amor, contato e intimidade, e se expressa na forma de sentir, nos movimentos das pessoas e como estas tocam e são tocadas”
A sexualidade influencia pensamentos, sentimentos, ações e integrações, portanto a saúdefísica e mental. Se saúde é um direito humano fundamental, a saúde sexual também deveria ser considerada como direito humano básico. A saúde mental é a integração dos aspectos sociais, somáticos, intelectuais e emocionais de tal maneira que influenciem positivamente a personalidade, a capacidade de comunicação com outras pessoas e o amor.
Sexualidade
A sexualidade tem grande relevância nodesenvolvimento e na vida psíquica das pessoas, pois se relaciona com a busca do prazer, necessidade fundamental dos seres humanos.
Segundo Freud (1856-1939), "é algo inerente, que se manifesta desde o momento do nascimento até a morte, de formas diferentes a cada etapa do desenvolvimento." (FREUD apud GUIA DE ORIENTAÇÃO, 1994, p.22). Freud foi o primeiro a descrever o impacto das experiências dainfância sobre o caráter do adulto, reconhecendo a atividade e o aprendizado sexual das crianças.
A sexualidade não está vinculada apenas ao aspecto corporal, ou seja, a questão biológica no que se refere às características funcionais e anatômicas do corpo humano e ao ato sexual. Ela está vinculada também com a razão, os sentimentos, aspectos históricos e culturais.
Os conceitos sobre sexualidadeinfantil ainda hoje não são conhecidos ou aceitos pela sociedade e até mesmo por parte de alguns educadores, que se recusam a tratá-la como um tema a ser trabalhado em sala de aula.
A sexualidade será construída a partir das possibilidades individuais e de sua interação com o meio e a cultura. Os adultos reagem aos primeiros movimentos exploratórios que a criança faz em seu corpo e aos jogos sexuaiscom outras crianças. As crianças recebem então, desde muito cedo, um rótulo do mundo adulto em que está imersa, permeado de valores e crenças que são atribuídos à sua busca de prazer, o que comporá a sua vida sexual.
Na exploração do próprio corpo, na observação do corpo dos outros e a partir das relações familiares é que a criança se descobre num corpo sexuado de menino ou menina. Preocupa-seentão mais intensamente com as diferenças entre os sexos, não só as anatômicas, mas também com todas as expressões que caracterizam o homem e a mulher. A construção do que é pertencer a um ou outro sexo se dá pelo tratamento diferenciado para meninos e meninas, inclusive nas expressões diretamente ligadas à sexualidade, e pelos padrões socialmente estabelecidos de feminino e masculino. Esses...
tracking img