Sentimento dum ocidental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5747 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Português * 11º Ano * 2006/2007 LINO MOREIRA DA SILVA, ELEMENTOS POÉTICO-NARRATIVOS E MANIFESTAÇÕES DA CONSCIÊNCIA, EM O SENTIMENTO DUM OCIDENTAL, DE CESÁRIO VERDE.

Uma leitura de

«O Sentimento dum Ocidental», de Cesário Verde
presentes, seguimos a via de considerar que o texto dispõe de todos os ingredientes poético-narrativos (V. M. A. Silva, 1977)necessários para contar uma história. Mas trata-se de uma história que, à primeira vista, quase não é história: é a história do Poeta que não cabe em casa, nem cabe em si, e sai de casa e de si, deparando, fora, com um cenário humano preocupante e desolador, causa principal do mal estar que o aflige e de que ele vai tomando (e revelando) consciência passo a passo. Esse cenário humano geral, comque o poeta depara, potencia o aparecimento de muitos outros cenários. E isso porque a história que ele conta não é sequencial nem linear, mas encerra em si muitas outras histórias, carregadas de vivências pessoais do Poeta, embora literariamente transformadas (J. Serrão, 1986). Em O sentimento dum ocidental, há tempo, espaço e personagens, como há narrador e acção. O tempo, o espaço e aspersonagens estão claramente presentes. O narrador é o próprio sujeito poético, como acontece em muitos outros textos de Cesário Verde (J. Laidlar, 1993, pp.96-97), que se desdobra nos relatos que insinua e na interioridade que explora. Alguma dificuldade surge com a narração/acção, sendo necessário o contributo empenhado do leitor para a constituir e organizar e dar sentido às suas partes.

1.

Naleitura que fazemos de O sentimento dum ocidental, destacando as manifestações da consciência nele

2.

No texto de Cesário, deparamos com quatro cenários – Ave-Marias, Noite Fechada, Ao Gás, e Horas Mortas, a

que correspondem, respectivamente, o Cair da Tarde, o Acender das Luzes, a Fixação da Noite, a Noite Segura.

Considerando cada um destes conjuntos, e procedendo a um levantamentodirecto do texto, vejamos como, em O sentimento dum ocidental, as manifestações da consciência (reveladas através dos estados de alma do sujeito poético / narrador) aparecem ligadas, de modo interactivo, aos elementos poético-narrativos referenciados (tempo, espaço, personagens).

Cenário I: Ave-Marias – Ao Cair da Tarde
TEMPO Ao anoitecer. Sombras. As ruas de Lisboa. Infere-se: o aproximar danoite (iluminação, edifícios onde se prepara o jantar, pessoas a caminho de casa). ESPAÇO Bulício, Tejo, maresia. Céu baixo e de neblina. Gás extravasado, cheiro a gás. Edifícios e chaminés. Cor monótona e londrina. Ao fundo, carros de aluguer, em direcção ao comboio. Ao cair das badaladas (velha tradição, anunciando o fim do trabalho com o toque dos sinos). As casas de madeira parecem gaiolas.As casas são como viveiros, nelas se amontoam as pessoas. Infere-se a existência de pessoas no interior das casas. Os mestres carpinteiros saltam de viga em viga, como morcegos, abandonando o trabalho. PERSONAGENS Infere-se: muita gente nas ruas. Turba. ESTADOS DE ALMA DO POETA Soturnidade e melancolia. Desejo absurdo (injustificado) de sofrer. Enjoo pelo gás extravasado. Infere-se a tristeza doPoeta, provocada pela cor monótona e londrina. A felicidade dos que partem, em oposição à infelicidade dos que ficam, entre os quais o Poeta. O Poeta manifesta desejo de evasão para capitais europeias onde é possível chegar de comboio. A felicidade está onde não se está.

Uma leitura de O Sentimento dum Ocidental, de Cesário Verde * Página 1

Boqueirões, becos. Cais a que se atracam botes.Tempo de evasão: recuo ao tempo dos Descobrimentos Fim da tarde. Hora de jantar. Espaço de evasão: os Descobrimentos. No mar, vogam os escaleres de um couraçado inglês. Em terra serve-se o jantar nos hotéis da moda. Um trem de praça (onde arengam dois dentistas). As varandas das casas. As lojas.

Arsenais e oficinas. O rio a reluzir, viscoso.

Os calafates, aos magotes, de jaquetão ao ombro,...
tracking img