Semiologia de saussure e mito de barthes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1451 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Cultura visual 1
M. Gonçalves
Curso de Arte Multimédia, 1º ano
FBAUL, 2011/2012

Sumário
Introdução………………………….……………………………………………………………. 1
Desenvolvimento………………………………………………..………………………………. 1
1. Semiologia linguística de Saussure.……………….…………..…………………… 1
2. Semiologia do mito em Barthes.……………….……………….………………….. 3
Conclusão.…………………………………………………..……….………………………….. 4Referências.………………………………………………………….………………………….. 5

Resumo
Neste trabalho são exploradas as ligações entre os conceitos da semiologia de Ferdinand Saussure e o conceito de significação no mito em Roland Barthes.
Palavras chave: Signo, Mito.

Introdução
Há uma relação estreita entre linguagem e mito e pode-se mesmo dizer que a mitologia, enquanto campo de significações, tem origem na linguagem.
Como a Semiologia estuda os signos, aMitologia, enquanto ciência formal, faz simultaneamente parte da Semiologia.
Desenvolver-se-á ao longo do trabalho a relação entre o conceito de signo na perspectiva de Saussure e o conceito de significação do mito em Roland Barthes.
Mostrar-se-á um paralelismo entre as ideias dos dois autores, no que se refere à semiologia.

Desenvolvimento
1. Semiologia de Saussure
No campo daSemiologia, a grande descoberta de Saussure é a da ‘linguagem como objecto duplo, do carácter dialógico da linguagem’ (Barthes, 1967, XV). A linguagem só é possível porque é um sistema articulado de dualidades “a dualidade articulatória acústica (emissor-receptor); a dualidade som-sentido; a dualidade indivíduo-sociedade; a dualidade língua-fala a dualidade paradigma-sistema, etc.” (Barthes, 1967,XV).


Para Saussure, ‘a unidade linguística é um fenómeno duplo, resultante da aproximação de dois termos’: O significante (imagem acústica, parte física do signo) e o significado (conceito, parte mental do signo). ‘(…) ambos os termos implicados no signo linguístico são psíquicos e unidos no nosso cérebro por meio da associação’ (Saussure, 1916/1999, 122). É desta associação funcionalque surge o signo. Pode-se dizer que Saussure procura analisar e descrever os elementos comuns fundamentais do signo, captar o “todo”.
O signo linguístico é uma convenção porque não existe no signo linguístico qualquer relação necessária entre, por exemplo, a palavra rosa e o objecto que lhe corresponde. Assim, Saussure cria nesta relação um terceiro elemento: a coisa (a realidade), paraultrapassar a arbitrariedade na relação, tornando-a uma relação necessária. Saussure reconhece que sem esta relação necessária:


“Psicologicamente, uma vez abstraídas as palavras, o nosso pensamento seria apenas uma massa amorfa e indistinta (…) sem o auxílio dos signos seríamos incapazes de distinguir duas ideias de uma forma clara e constante (…) não há ideias preestabelecidas, nada édistinto antes do aparecimento da língua”. (Saussure, CLG, p.161).

A relação entre a língua e a representação mental que temos da realidade é uma relação que não pode ser dissolvida.
O signo linguístico é mutável e imutável. Embora parecendo uma contradição, não o é, porque ‘os dois factos’ (ser mutável e imutável) “são solidários: o signo altera-se porque permanece. O que interessa emqualquer alteração é a persistência da matéria antiga; a infidelidade ao passado é só relativa. Por isso o princípio da alteração assenta no princípio da continuidade.” (Saussure, 1916/1999, 134).
Saussure apresenta factores para a imutabilidade: a quantidade de signos existentes em qualquer língua; a complexidade do sistema linguístico; e ainda a resistência oferecida pelos falantes à mudança. Noentanto,

“a língua é radicalmente impotente para se defender dos factores que de instante em instante desviam a relação entre o significante e o significado. (…) Esta evolução é inevitável; não há exemplo de língua que lhe tenha resistido. Ao fim de um certo tempo podem-se sempre verificar desvios sensíveis” (Saussure, 1916/1999, 136, 137).

2. Semiologia...
tracking img