Scaras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2291 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1

Escaras, Úlcera de decúbito ou Úlcera de pressão
As úlceras por pressão (úlceras de decúbito, úlceras da pele) são lesões cutâneas que se produzem em consequência de uma falta de irrigação sanguínea e de uma irritação da pele que reveste uma saliência óssea, nas zonas em que esta foi pressionada contra uma cama, uma cadeira de rodas, um molde, uma tala ou outro objeto rígido durante umperíodo prolongado.

Fases de evolução da escara: 1. eritema (vermelhidão); 2. edema (inchaço); 3. isquemia (irrigação sangüínea deficiente); 4. necrose (morte dos tecidos).
Causas A pele conta com uma rica irrigação sanguínea que leva o oxigênio a todas as suas camadas. Se essa irrigação for interrompida durante mais de 2 ou 3 horas, a pele morre, a começar pela sua camada externa (a epiderme).Uma causa frequente de irrigação sanguínea reduzida na pele é a pressão. O movimento normal faz variar a pressão, para que a circulação sanguínea não fique obstruída durante um longo período. A camada de gordura por baixo da pele, especialmente sobre as saliências ósseas, atua como uma almofada e evita que os vasos sanguíneos se tapem. As pessoas que não podem mexer-se correm maior risco dedesenvolver úlceras por pressão. Este grupo compreende as pessoas paralisadas, muito debilitadas ou recluídas. São também susceptíveis as que não são capazes de sentir incomodo ou dor, sinais estes que induzem ao movimento. A lesão de um nervo (por uma ferida, uma pancada, diabetes ou outras causas) diminui a capacidade de sentir dor. Um coma também pode diminuir esta capacidade de percepção. As pessoascom desnutrição precisam da camada protetora de gordura e a sua pele, privada de nutrientes essenciais, não se reconstitui corretamente. Além disso, nestas pessoas o risco de desenvolverem úlceras por pressão aumenta. Se a pressão interrompe o fluxo sanguíneo, a zona de pele privada de oxigénio de início fica avermelhada e inflamada e, depois, ulcera. Embora a circulação sanguínea seja apenasparcialmente interrompida, a fricção e outro tipo de dano da camada externa da pele podem também causar úlceras. Roupas inapropriadas, lençóis enrugados ou a fricção dos sapatos contra a pele podem contribuir para a lesionar. A exposição prolongada à humidade (muitas vezes por sudação frequente, urina ou fezes) pode danificar a superfície da pele, tornando muito provável a úlcera por pressãoPrincipais fatores de risco para o desenvolvimento de escaras: - limitação dos movimentos
- estados nutricionais debilitados;
- nível de consciência comprometido;
- perda da sensibilidade tátil e/ou térmica;
- umidade (paciente muito tempo molhado por suor, urina e fezes); falta de asseio;
2
- excesso de calor ou frio.

Sintomas Habitualmente, as úlceras por pressão provocam uma certa dor ecomichão e nas pessoas com a sensibilidade afetada podem, inclusivamente, desenvolver-se úlceras graves e profundas sem que se note dor. As úlceras por pressão classificam-se por estádios. No estádio 1 a úlcera não está realmente formada: a pele, intacta, está simplesmente avermelhada. No estádio 2, a pele está avermelhada e inflamada (muitas vezes com bolhas) e a sua destruição começa nas suascamadas mais externas. No estádio 3, a úlcera abrese para o exterior através da pele, deixando expostas as camadas mais profundas. No estádio 4, a úlcera estende-se profundamente através da pele e da gordura até ao músculo. No estádio 5, o próprio músculo é destruído. No estádio 6, o mais profundo dos estádios da úlcera por pressão, vê-se até o osso subjacente, danificado e por vezes infectado. Quandoa pele se rompe, a infecção converte-se num problema. A infecção retarda a cura das úlceras superficiais e pode constituir uma ameaça mortal nas úlceras mais profundas.

Prevenção As úlceras por pressão são dolorosas e podem pôr em perigo a vida do paciente. Prolongam o tempo de convalescença em hospitais ou centros de recuperação e aumentam o custo. A prevenção é a prioridade máxima e as...
tracking img