Sautipika parva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 87 (21699 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O MAHABHARATA
de Krishna-Dwaipayana Vyasa LIVRO 10

SAUPTIKA PARVA
Traduzido para a Prosa Inglesa do Texto Sânscrito Original por Kisari Mohan Ganguli [1883-1896]

AVISO DE ATRIBUIÇÃO Escaneado em sacred-texts.com, 2004. Verificado por John Bruno Hare, Outubro 2004. Este texto é de domínio público. Estes arquivos podem ser usados para qualquer propósito não comercial, desde que este aviso deatribuição seja mantido intacto.

Traduzido para o Português por Eleonora Meier.

1

Capítulo

1

2 3 4 5 6 7 8

9 10 11 12 13 14 15 16

Conteúdo "Sem dúvida, ó Sanjaya, meu coração é feito de diamante, já que ele não se parte em mil pedaços mesmo depois de saber...". Kripa, Aswatthaman, Kritavarman na floresta descansando depois do por do sol. Aswatthaman vê coruja atacando corvos adormecidos,decide atacar os Pandavas no acampamento. Kripa avisa para ir até Dhritarashtra e Vidura. Aswatthaman afirma sua decisão. Kripa promete lutar de manhã. Kripa contra, mas ele e Kritavarman seguem Aswatthaman quando ele vai. Nos portões Aswatthaman enfrenta grande ser em quem suas armas são inúteis. Aswatthaman oferece seu corpo a Siva. Deus explica que o tempo dos Pancalas está terminado. Ele entra nocorpo de Aswatthaman. Criaturas ferozes seguem. Mata Dhrishtadyumna sem uma arma. Uttamanjas, Yudhamanyu, Prativindya, Sutasoma, Satanika, Srutakarman, Srutakirti (cinco filhos de Draupadi), Sikhandin. Aswatthaman corre por todo o acampamento, matando todos. Kripa e Kritavarman ficam no portão e pegam aqueles que fogem. Colocam fogo no acampamento. Os três vão até Duryodhana, relatam suacarnificina. Duryodhana morre. O motorista do carro de Dhrishtadyumna relata carnificina para Yudhishthira. Draupadi resolve praticar Praya até que a pedra preciosa da cabeça de Aswatthaman seja levada para ela. Bhima e Nakula partem. Krishna avisa do perigo da parte de Aswatthaman. Uma vez Aswatthaman pediu o disco de Krishna para matá-lo. Alcançam Aswatthaman, que dispara sua poderosa arma celeste. Arjunaatira arma que neutraliza. Vyasa e Narada aparecem. Arjuna retira arma. Aswatthaman não pode. Oferece sua pedra preciosa, joga arma nos úteros das mulheres Pandava. Parikshit, filho da nora de Arjuna, morrerá, mas reviverá e governará o reino. Aswatthaman sentenciado a 3000 anos vagando sozinho com pus e fedor de sangue. Pedra preciosa é levada para Draupadi. Krishna explica Rudra, e comoAswatthaman foi ajudado. Explica como Rudra foi gratificado por Aswatthaman.
Índice escrito por Duncan Watson. Traduzido por Eleonora Meier.

Página

3 6 8 10 11 13 15

19 26 29 31 33 35 36 37

17 18

39 41 42

2

1
Om! Tendo reverenciado Narayana, e Nara o mais sublime dos seres masculinos, como também a deusa Saraswati, a palavra "Jaya" deve ser proferida! Sanjaya disse, "Aqueles heróis então foramjuntos em direção ao sul. Na hora do por do sol eles alcançaram um local perto do acampamento (Kuru). Deixando seus animais soltos eles ficaram muito assustados. Alcançando então uma floresta, eles secretamente a adentraram. Eles se alojaram lá a uma distância não muito grande do acampamento. Cortados e mutilados por muitas armas afiadas, a respiração deles era pesada e difícil, pensando nosPandavas. Ouvindo o barulho alto feito pelos Pandavas vitoriosos, eles tiveram medo de uma perseguição e, portanto fugiram em direção ao leste. Tendo procedido por algum tempo, seus animais ficaram cansados e eles mesmos ficaram com sede. Dominados pela ira e pelo sentimento de vingança, aqueles grandes arqueiros não podiam suportar o que tinha ocorrido, queimando como eles estavam com (a dor pela) mortedo rei. Eles, no entanto, descansaram por um tempo." Dhritarashtra disse, "A façanha, ó Sanjaya, que Bhima realizou parece ser incrível, já que meu filho que foi derrotado possuía a força de 10.000 elefantes. Com coragem superior e sendo possuidor de um corpo impenetrável, ele não podia ser morto por alguma criatura! Ai, até este meu filho foi derrotado pelos Pandavas em batalha! Sem dúvida, ó...
tracking img