Saude ocupacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1232 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A problemática da saúde pública brasileira é histórica, desde o início da república foram evidenciadas várias metas a serem alcançadas, com a finalidade de obtenção de um sistema de saúde razoavelmente eficiente. Inicialmente, a falta de um sistema de sanitário público eficiente para o país incubiu em graves epidemias, como foi o exemplo do estado caótico vigente na cidade do Rio de Janeiro noinício da República brasileira, quando na cidade se alastrava a presença de várias doenças que acometiam a população, como a malária, a varíola e a febre amarela, Oswaldo Cruz instituiu a lei Federal de n° 1261 de 1904, que tornava obrigatória a vacinação antivaríola, surgindo a revolta da vacina, devido a falta de informação dos brasileiros.
Sob influencias ideológicas dos imigrantes principalmentedos italianos (anarquistas) , com movimentos grevistas é implentaçao da Lei eloi Chaves , nasce a previdência social brasileira, que promovia além de aposentadorias e pensões, socorros médicos em casos de doenças e medicamentos.
Com a ditadura cai o modelo sanistarista preventivo de Oswaldo Cruz e entra a MEDICINA CURATIVA que não era capaz de conter os problemas de saúde coletivo, comoepidemias, endemias.Cresce indicadores de Saúde como a mortalidade infantil.Esse modelo não abrangia a toda população, pois excluía a parte populacional sem carteira assinada..
A Saúde Pública foi duramente negligenciada durante período ditatorial, que por muitos foi considerado o principal causador das atuais deficiências brasileiras no que diz respeito às políticas de saúde.

O período final daditadura militar brasileira, que correspondeu aos governos de Garrastazu Médici e Ernesto Geisel, porém, foram percebidas outras características, como o grande crescimento de representatividade popular no que diz respeito à reivindicação dos direitos e necessidades do país, e, em detrimento dessas características, houve também uma maior cobrança da população para o provimento de um sistema de saúdeeficaz, que atendesse às necessidades da população como um todo.

"A Reforma Sanitária Brasileira foi um movimento de cima para baixo, que teve como suporte intelectual, a construção de um saber militante calcado em grandes marcos teóricos, privilegiando as instituições e a organização do aparato institucional da saúde em detrimento do movimento real da sociedade".[Cohn apud Krüger][1]

ACentralização da Previdência Social seria o primeiro passo para a atualização do sistema de saúde brasileiro, pois no período ditatorial assumiu-se a idéia de que os serviços de saúde que deveriam ser prestados a população eram os de assistência básica, o direito a saúde, que hoje é considerado um dever do estado, na época era de responsabilidade dos próprios cidadãos, de forma que as empresasprivadas de saúde, começavam a aparecer no cenário brasileiro com cada vez mais potência, a exegese das ideologias de contribuição de saúde estatutárias que regiam aquela época.

1967- é efetivada , a criação do Instituto Nacional de Previdência e Social - INPS, reunindo os seis Institutos de Aposentadorias e Pensões e o Instituto de Assistência Médica Domiciliar de Urgência (SAMDU) e aSuperintendência de Serviços de Reabilitação da Previdência Social o INPS.

Na década de 70 a centralização prosseguia com a criação do Ministério de Previdência e Assistência Social, do Sistema Nacional de Previdência e Assistência Social - SINPAS, do Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social - INAMPS e do Instituto de Administração Financeira da Previdência e Assistência Social -IAPAS, na década de 70 também foi implantada uma experiência com o PIASS, Programa de Interiorização das Ações de Saúde e Saneamento, segundo registros do ministério da saúde as práticas desse sistema não eram, contudo eficientes.

Iniciou-se, então a atuação política de diversos grupos sociais em prol do aprofundamento da "crítica ao modelo hegemônico de assistência médica previdenciária". A...
tracking img