Salto para a piscina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (267 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
* h1 = 39,9 cm = 0,399 m
* h2 = 73,02 cm =0,7302 m
* ∆x1 = 85 cm = 0,85 m
* ∆x2 = 84 cm = 0,84 m
* ∆x3 = 86,5 cm = 0,865 m
* ∆x media = 85,17 cm =0,8517 m
Nota: Atrito desprezado ∆xCálculos
Em = Ec +Ep m.vf22 = m.g.h vf=2.g.h vf=2 ×9,8×0,399Valor teórico
vf=2,79 m\s
|x=vox .t85,17=vox .0,38vox=0,85170,38Valor experimental
vox=2,24 m\s |y=yo+vox+12 .a .t2
0=0,73+0+12 .-9,8. t2
t= 0,734,9
t=0,38 s

erro %= vox teórico-vox experimentalvox teórico ×100
erro %=2,79-2,242,79 ×100
erro %=19, 71 %Conclusões
Nesta actividade experimental embora o atrito seja desprezável existira sempre atrito pois o berlinde ao passar pelo tubo tem atrito o que ira fazer com que este tenhauma velocidade experimental menor do que a velocidade teórica como podemos concluir com os cálculos realizados.
Através desta experiência também podemos concluímos que quantomaior for a velocidade do berlinde maior será o deslocamento, assim, para conseguirmos um valor para o deslocamento o mais aproximado do correcto ,não usamos apenas o valor de umaúnica experiencia mas repetidos a experiencia três vezes e usamos a média.
Através do cálculo do erro pode se confirmar que a experiência continha erros dos quais podemosdestacar o facto de desprezarmos o atrito e o facto de as medições poderem ter sido mal feitas, pois com o método utilizado podem ocorrer erros facilmente

Realizado por:
Leandro
tracking img