Roteiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (546 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Equívocos
A Espada
Roteiro de Karine Barbosa Baseado no Livro de Luís Fernando Veríssimo

CENA 01 – INT/NOITE – CASA DE THUNDER BOY – SALA Uma família de classe média alta. Pai, mulher e umfilho de sete anos. É a noite do dia em que o filho fez sete anos. Enquanto a mãe recolhe os detritos da festa.

CENA 02 – INT/NOITE – CASA DE THUNDER BOY – QUARTO O pai ajuda o filho a guardar ospresentes que ganhou dos amigos. O FILHO não fala nada, está quieto e sério. O PAI percebe o estado do filho, mas pensa: É o cansaço. Afinal ele passou o dia correndo de um lado para o outro, comendocachorro-quente e sorvete, brincando com os convidados por dentro e por fora da casa. Tem que está cansado. PAI - Quanto presente, hein, filho? FILHO - É. PAI - E esta espada. Mas que beleza. Esta eu nãotinha visto. FILHO -Pai... PAI - E como pesa! Parece uma espada de verdade. É de metal mesmo. Quem foi que deu? FILHO - Era sobre isso que eu queria falar com você. O PAI estranha a seriedade do filho.Nunca o viu assim. Nunca viu nenhum garoto de sete anos sério assim. Solene assim. Coisa estranha... O FILHO tira a espada da mão do pai. FILHO - Pai, eu sou Thunder Boy.

PAI - Thunder Boy? FILHO- Garoto Trovão. PAI - Muito bem, meu filho. Agora vamos pra cama. FILHO - Espere. Esta espada. Estava escrito. Eu a receberia quando fizesse sete anos. O PAI se controla para não rir. (pensa) pelomenos a leitura de historia em quadrinhos está ajudando a gramatica do guri. “Eu a receberia...”. O filho continua... FILHO - Hoje ela veio. É um sinal. Devo assumir meu destino. A espada passa a umnovo Thunder Boy a cada geração. Tem sido assim desde que ela caiu do céu, no vale sagrado de Bem Tael, há sete mil anos, e foi empunhada por Ramil, o primeiro Garoto Trovão.

O PAI estáimpressionado. Não reconhece a voz do filho. E a gravidade do seu olhar. Está decidido. Vai cortar as histórias em quadrinhos por uns tempos. PAI - Certo, filho. Mas agora vamos... FILHO - Vou ter que sair de...
tracking img