Romantismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1546 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Romantismo
A era Romântica da Literatura
No Brasil as manifestações literárias costumam ser distinguidas em apenas dois períodos, que podem receber os nomes de:
. Era colonial: do século XVI ao século XVIII;
. Era nacional: do século XIX até os nossos dias.
O adjetivo “Romântica”, utilizado para caracterizar o terceiro período, possui um significado bastante amplo, que deve serbem compreendido para que se evitem confusões. Com ele queremos designar a literatura produzida na era burguesa: a literatura antiaristocrática e anticlássica. Nesse sentido amplo, a literatura produzida no século XX, de modo geral, ainda é Romântica. Em sentido estrito, o adjetivo “romântico” só se aplicaria a literatura produzida na primeira metade do século XIX, imediatamente após a EraClássica.
Momento Histórico do Romantismo
As revoluções do século XVIII – As Origens do Romantismo
Embora o romantismo seja a escola literária da primeira metade do século XIX, devemos buscar suas origens no século XVIII – período revolucionário, responsável pelas grandes transformações econômicas, sociais, políticas e ideológicas, fundamentais para toda a história subseqüente, até os diasatuais.
. Burguesia
. Revolução industrial
. Revolução Gloriosa
. Revolução Francesa





AS ORIGENS DO ROMANTISMO
- Históricas:
Revolução industrial, 1750.
Revolução Francesa, 1789
- Literárias:
O romance inglês de Richardson, Fielding, Swift, Defoe e Sterne.
Os poemas ossiânicos.
O romance epistolary de Jean-Jacques Rousseau
O movimento pré-romântico alemão.

Características doRomantismo
A afirmação de Vítor Hugo (romancista Francês) de que, em sua época, a liberdade como a luz penetrava por toda a parte traduz a crença do século XIX nas doutrinas liberais da burguesia: O liberalismo econômico e o liberalismo político. Refletindo essas doutrinas, o Romantismo proclama a liberdade de criação e de expressão: “ não há regras nem modelos “ – diz Vítor Hugo.Características do Romantismo:
. Liberdade de criação e de expressão
. Nacionalismo
. Historicismo
. Medievalismo
. Tradições populares
. Individualismo, egocentrismo
. Pessimismo
. Escapismo
. Crítica social
Nacionalismo, Historicismo e Medievalismo
Exaltando os valores e os heróis nacionais, os autores ambientam suas obras no passado histórico, sobretudo no período medieval. O romancehistórico tem inicio na Inglaterra, na obra de Walter Scott.
Valorização das fontes populares – o folclore
Além das pesquisas e do trabalho de registro das narrativas orais e das canções populares, os autores buscam nessas fontes inspirações para suas próprias obras. Essa utilização literária da tradição popular é também uma das manifestações do nacionalismo romântico.
ConfessionalismoAs obras tornam-se, freqüentemente, a expressão dos sentimentos pessoais do autor em dado momento de sua vida.
Pessimismo
Nem sempre o Romantismo exprime atitudes positivas em relação à vida: O individualismo e o egocentrismo adquirem traços doentios de inadaptação. O spleen (melancolia) do poeta inglês Lord Byron fez a escola em todas as literaturas. O tédio de viver, tambémchamado “mal do século”, conduz as diversas formas de escapismo:
- Narrativas de aventuras ambientadas em lugares exóticos ou num passado misterioso;
- Narrativas fantásticas, envolvendo o sobrenatural;
- O culto da imaginação: o devaneio, o sonho, o delírio; os ambientes noturnos;
- A morte, como última solução para o indivíduo.

. Crítica socialContrariamente ao pessimismo escapista, entretanto, o Romantismo pode assumir um caratês combativo de oposição e critica social, cuja ocorrência observamos principalmente na sua última fase.

As gerações Românticas
Todas essas características podem aparecer em qualquer momento da historia do romantismo. Há, entretanto, uma nítida evolução através de três gerações de autores, cada uma marcada pela...
tracking img