Roldanas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 62 (15426 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
122

SOCIOLOGIAS

ARTIGOS
Sociologias, Porto Alegre, ano 3, nº 6, jul/dez 2001, p. 122-169

Globalização e desigualdade: questões de conceituação e esclarecimento1
GÖRAN THERBORN *

termo “Globalização” deveria ser utilizado como um conceito multidimensional e histórico que aponta para tendências, para dimensões mundiais, para o impacto, para conexões mundiais e fenômenos sociais, bemcomo para uma consciência global dos atores sociais. A desigualdade acontece de diversas formas e em diferentes grupos sociais, além disso, deve ser concebida como multidimensional. O conceito de “capacidade” (ou oportunidades vitais) de Amartya Sen constitui um importante ponto de partida. A desigualdade assume diferentes formas sociais, que derivam de modos distintos de produzir valores. Asprincipais são a exploração, hierarquia, exclusão e segmentação. Traçou-se um marco de referência geral com o objetivo de explicar os resultados distributivos globais e multidimensionais, distinguindo-se quatro tipos de processos: a história global, os fluxos globais - de comércio, de capital, de populações e de conhecimento -, uniões globais, articulando instituições e políticas nacionais comorganizações e pressões transnacionais - e, finalmente, processos nacionais. Uma avaliação do peso relativo desses processos mostra que a história global e os processos nacionais são os mais importantes, com uma diferenciação clara entre estados fortes e débeis. Enquanto a história, reproduzida pelos fluxos de comércio, de capital e de migração, acumulou

O

1 Esse paper é uma primeira versão,apresentada no Terceiro Encontro Internacional de Economistas sobre Problemas de Globalização e Desenvolvimento ocorrido em Havana, 29 de janeiro a 2 de fevereiro de 2001. O original em Inglês foi traduzido por Roberto Costa e revisado por Eurídice Baumgarten. * Swedish Collegium for Advanced Study in the Social Sciences, Uppsala.

SOCIOLOGIAS

123

Sociologias, Porto Alegre, ano 3, nº 6, jul/dez2001, p. 122-169

a desigualdade econômica, o fluxo de conhecimento, sobretudo o médico, favoreceu uma maior igualdade, observando-se também novas transformações no sentido dos fluxos globais e seus efeitos distributivos. A globalização, até este momento, não desfez o fortalecimento secular do estado-nação do Século XX, e a importância das relações inter-estatais significa que a cidadania é umadas mais importantes instituições mundiais de desigualdade. Por outro lado há estados que abrigam dentro de suas fronteiras quase tanta desigualdade econômica quanto a existente no mundo. O título do artigo refere-se a três conjuntos de questões fundamentais e controvertidas, não resolvidas entre os cientistas sociais, para não falar dos cidadãos sociais. Duas delas são basicamente conceituais eteóricas, a outra é, ao mesmo tempo, conceitual e empírica. Em primeiro lugar, o que é globalização? De que forma devemos conceitualizá-la? Em segundo, que tipos de desigualdade podem ser identificados e quais são os mais pertinentes? E, em terceiro lugar, que tipos de processos geram a desigualdade global que estamos observando e vivenciando? Não podemos esperar encontrar uma resposta direta paraqualquer dessas perguntas, já que nenhuma delas a tem. Os objetivos deste artigo são o de contribuir para o esclarecimento das alternativas, bem com de eventuais implicações para a sua adoção, propor uma determinada abordagem conceitualanalítica e apresentar argumentos empíricos para uma abordagem multifacetada sobre a geração de desigualdade no mundo. A globalização e a desigualdade são duasencruzilhadas das ciências sociais e da filosofia social, abordadas aqui pelo autor a partir de sua formação como sociólogo e cientista político.

O que é globalização?
Basicamente, há três respostas para esta pergunta. A mais evidente e mais simples delas é: a globalização é qualquer coisa que queiramos que ela seja, o que é uma resposta coerentemente

124

SOCIOLOGIAS

Sociologias, Porto...
tracking img