Rio minho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1114 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Rio Minho
Rio luso-espanhol que serve de fronteira entre o norte de Portugal e a Galiza, de Melgaço até à sua foz, no oceano Atlântico, em frente a Caminha e a La Guardia. Nasce em Espanha, nos montes Cantábricos, na serra da Meira, a uma altitude de 750 metros, e o seu curso estende-se ao longo de cerca de 340 quilómetros, dos quais 230 são percorridos em Espanha. O troço internacional tem umaextensão de 75 quilómetros.
A qualidade das águas do rio Minho e dos seus principais afluentes portugueses é aceitável mas verifica-se uma tendência geral de degradação da qualidade das águas de montante para jusante. O cariz predominantemente florestal e agrícola da bacia hidrográfica do rio Minho, em território português, coloca em destaque o problema da poluição difusa.
Peixes do rio Minho:Sável
O sável é um peixe migrador, que deixa o mar para subir os rios na época da reprodução. A construção de barreiras nas vias migratórias tem sido apontada como uma das principais causas para a redução acentuada das populações desta espécie.
O corpo é comprimido lateralmente, bastante alto, e a cabeça é curta e alta, triangular e comprimida.
O sável é um peixe de grandes dimensões, podendoatingir os 70 cm de comprimento e pesar cerca de 4,5 Kg, sendo as fêmeas, normalmente, de maiores dimensões que os machos.
Pode atingir os 10 anos de idade.
Entra no rio na Primavera e migra para montante para desovar
Os juvenis permanecem no rio até terem cerca de 10 cm, ou seja até ao Outono e depois migram para o mar
SAVELHA
A savelha, Alosa fallax, é um peixe migrador anádromo
Tem o corpocomprimido lateralmente, alto e coberto de escamas arredondadas. A cabeça é curta e achatada lateralmente, o focinho aguçado e curvo.
Esta espécie é mais pequena do que o sável, não ultrapassando os 40 cm, sendo as fêmeas maiores do que os machos.
Pode atingir o peso de 1,5kg
Migram para os rios na Primavera para desovar

BOGA
Espécie de água doce
Está bem dispersa na bacia hidrográfica dorio Minho
Resiste à diminuição da qualidade das águas
Pode ter até 34 cm
Alimenta-se de algas, diatomáceas e invertebrados
Desova entre a Primavera e o Verão
ESCALO
Espécie de água doce
Está muito disperso na bacia hidrográfica do Minho
É comum ter até 30 cm, mas podem aparecer exemplares com 50 cm
Desova na Primavera
É carnívoro, alimentando-se de insectos, crustáceos e moluscos
É umaespécie endémica da Península Ibérica
Sensível à poluição e destruição do habitat, bem como à presença de espécies introduzidas (exóticas)
LAMPREIA
As lampreias são peixes de água doce ou anádromas com forma de enguias, mas sem maxilas. A boca está transformada numa ventosa circular com o próprio diâmetro do corpo, reforçada por um anel de cartilagem e armada com uma língua-raspadoraigualmente cartilaginosa. Várias espécies de lampreia são consumidas como alimento
As lampreias não têm um esqueleto mineralizado, mas encontram-se regiões de cartilagem calcificada no seu endoesqueleto.
A coluna vertebral é basicamente formada pelo notocórdio
Pode medir mais de 1 metro, pesar até 2,5 kg e viver até aos 9 anos
Entre Dezembro e Junho migra do mar para o rio, subindo-o para desovarDurante a migração não se alimenta e no fim da desova, geralmente, morre
Uma fêmea põe entre 60 000 e 300 000 óvulos
As larvas permanecem nos rios entre 3 a 5 anos e depois da metamorfose migram para o mar onde se tornam parasitas, alimentando-se do sangue de outros peixes

PANJORCA
Espécie de água doce
Peixe omnívoro, alimenta-se de macroinvertebrados, algas e macrófitas.
Comprimento comumaté aos 10 cm, podendo atingir os 25 cm.
Reproduz-se na Primavera
Particularmente abundante nos afluentes do Rio Minho, Sil, Coura e Arnoia, pouco caudalosos e com vegetação.
Podem viver até aos seis anos de idade. Têm um comportamento gregário, formando associação com a truta.
Serve de alimento a outros peixes, caso da enguia.
É uma espécie relativamente resistente à diminuição da qualidade...
tracking img