Ricardo Reis

Páginas: 4 (853 palavras) Publicado: 4 de março de 2015
Cada um cumpre o destino que lhe cumpre, 

Cada um cumpre o destino que lhe cumpre, 
E deseja o destino que deseja; 
Nem cumpre o que deseja, 
Nem deseja o que cumpre. 

Como as pedras naorla dos canteiros 
O Fado nos dispõe, e ali ficamos; 
Que a Sorte nos fez postos 
Onde houvemos de sê-lo. 

Não tenhamos melhor conhecimento 
Do que nos coube que de que nos coube. Cumpramos o que somos. 
Nada mais nos é dado. 

Ricardo Reis, in "Odes" 
Análise:
3 quadras;
1os dois versos de cada estrofe são decassílabicos e os dois últimos são hexassílábicos.
A rima, naprimeira estrofe é interpolada e emparelhada, e na restantes estrofes é irregular.
________________________________________________
Nos versos 3 e 4, um quiasmo, que destaca o facto de o destino que oser humano “cumpre” nem sempre ser o que ambiciona.
Nos versos 5 e 6, temos presente uma comparação entre o ser humano e “as pedras na orla dos canteiros” que acentua a imobilidade e aimpossibilidade de resistir e contrariar o destino, ou seja, uma carateristica do estoicismo.
As palavras “Fado” e “Sorte” tÊm o significado de Destino.
 Nos últimos quatro versos, o sujeito poético evidencia asua resignação ao aceitar o poder do Destino. Assim, cada ser humano deve desistir de ter “melhor conhecimento” do que lhe calhou em sorte na vida e deve limitar-se a consentir com o que lhe coube.Os dois versos finais (duas frases declarativas) confirmam a abdicação do sujeito poético e a sua anuência voluntária ao Destino, pois este é inelutável. De facto, de acordo com o Estoicismo, o homemnão deve lutar contra o Destino, antes cumpri-lo sem o questionar ou se lhe opor.
        Note-se como, ao longo do poema, a pessoa verbal evolui da terceira do singular (“cumpre”) para a primeira doplural, a partir do verso 6, um «nós» que reflete sobre o destino comum e a condição análoga de todos os humanos sujeitos à ditadura do Destino.
O sujeito poético revela, em suma, o seu conformismo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ricardo reis
  • Ricardo Reis
  • ricardo reis
  • Ricardo reis
  • Ricardo reis
  • ricardo reis
  • Ricardo Reis
  • Ricardo reis

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!