resumo livro Palavra, Poder, Ensino da Língua

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1369 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS
INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS
DEPARTAMENTO DE LÍNGUA E LITERATURA PORTUGUESA

RAQUEL FARIAS DE OLIVEIRA




PALAVRA, PODER, ENSINO DA LÍNGUA.
RESUMO DA OBRA DE ODENILDO SENA











MANAUS
2013
RAQUEL FARIAS DE OLIVEIRA









PALAVRA, PODER, ENSINO DA LÍNGUA.
RESUMO DA OBRA DE ODENILDO SENA

Trabalho apresentadoà Universidade Federal do Amazonas, Departamento de Língua e Literatura Portuguesa com requisito final à obtenção de nota na disciplina de Prosa Moderna I.
Orientação: PROF. Esp. RENATO RÉGIS BARROSO






MANAUS
2013
1. O Estranho Poder das Palavras
Em tempos antigos, a palavra assumiu características de magia, quando relacionada ao nome de pessoas ou objetos, causando o efeito depoder sobre elas. O falante ao descobrir não somente o valor como também assumir o receio de seu poder e sua tirania, descobre o ‘’ Estranho Poder das Palavras’’.
Os Tabus Linguísticos do Passado
Durante o processo de comunicação, vários elementos simbólicos foram criados, causando espanto e ilusão. Esses elementos possuem fortes influencias de superstições amarradas na linguagem, na qual o falanteé subserviente e herdeiro da linguagem e suas crenças. Há uma crença antiga, em que o nome de um homem é identificado com sua alma, sendo tão importante que poderia substituí-lo, causando forte superstição ligada a um passado de hábitos e crenças.

Os Tabus Linguísticos do Presente
As superstições nas palavras têm evidências também no presente, representadas pelos tabus verbais nada mais sãoque a impressão de que pronunciar uma palavra inadequada na comunicação, não sendo livremente permitindo pronunciá-las. Quando isso ocorre, a palavra logo é descriminada e substituída por um eufemismo, amortecendo o verdadeiro sentido. Os tabus verbais são alimentados pelo medo ou vergonha. Um exemplo disso é a palavra diabo que gera o eufemismo ‘’diacho’’ ou a palavra banheiro que possuiabrandamento por ‘’toalete’’. A superstição verbal, antes alimentada pela crença, continua a evoluir mesmo pelo progresso linguístico, sociológico e psicológico.

Dos Tabus à Manipulação Ideológica.
O falante é atingido inconscientemente pelas superstições das palavras, influenciando suas ações. As pessoas com pequeno e concreto vocabulário têm uma visão de mundo mais limitada, induzindo-as àsuperstição. A palavra, portanto, é um fenômeno ideológico, pois além de símbolos gráficos é produto das relações sociais.

2. Realização e Discurso Pedagógico.
O aparelho ideológico do estado tem localização profunda nas escolas, pois lá são apresentadas hierarquias de dons e competências, tornando-se sede do discurso pedagógico com materialização no livro didático. O livro didático tem sido na realidadeuma ponte do discurso pedagógico, onde há uma construção de ‘’progresso’’ e omissão da realidade. O proposito ideológico é flagrado em atividades e explicações contidas até no o livro do professor, tornando o livro didático objeto do discurso pedagógico, representando a ideologia dominante e mascarando o processo real.

3. Linguística e Ensino da Língua Materna
A gramática tradicional tem sidoa fonte do ensino da língua materna, porem a gramática passou a ser considerada preconceituosa, pois enquadra os falantes nos extremos do certo e errado. Sendo o objetivo maior do ensino da língua capacitar aos falantes o uso da mesma de modo eficaz e adequado, os linguistas ficaram insatisfeitos com os negativos resultados obtidos em sala de aula, necessitando de uma gramática viva que aborde umarealidade aceitável para a carência do ensino da língua materna atual. Essa necessidade de técnicas de ensino e habilidade de transferência leva a crer que a linguística pode oferecer uma prática pedagógica.

4. Ideologia e Ensino da Língua
As práticas pedagógicas ideologicamente suspeitas consistem em fazer com que o aluno se contente com a comunicação que lhe é feita pelo professor....
tracking img