Resumo intrumental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1315 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí – IFPI
Especialização em Biocombustíveis e Novas Tecnologias Renováveis
Prof: Gilvan Moreira
Aluna: Priscylla Jordânia



RESUMO

BIODIESEL: PARÂMETROS DE QUALIDADE E MÉTODOS ANALÍTICOS

LOBO, Ivon Pinheiro; FERREIRA, Sérgio Luis Costa. BIODIESEL: PARÂMETROS DE QUALIDADE E MÉTODOS ANALÍTICOS. Universidade Federalda Bahia e Universidade Estadual de Santa Cruz-BA.




O biodiesel apresenta vantagens sobre o diesel de petróleo, pois não é tóxico e é proveniente de fontes renováveis, além da melhor qualidade das emissões durante o processo de combustão. Embora o biodiesel forneça uma quantidade de energia cerca de 10% menor que o diesel de petróleo, seu desempenho no motor é praticamente o mesmono que diz respeito à potência e ao torque. Para garantir a qualidade do biodiesel é necessário estabelecer padrões de qualidade, objetivando fixar teores limites dos contaminantes que não venham prejudicar a qualidade das emissões da queima, bem como o desempenho, a integridade do motor e a segurança no transporte e manuseio.

A partir dos métodos analíticos aplicados na avaliação daqualidade do biodiesel podem-se obter informações importantes a respeito da seleção da matéria prima, do processo fabril e do armazenamento, bem como do desempenho do biodiesel como combustível e da qualidade das suas emissões. Tendo em vista que no Brasil, a Lei 11097/05 instituiu a obrigatoriedade da adição de 2% de biodiesel ao diesel (mistura B2) a partir de janeiro de 2008 e torna obrigatórias asmisturas de 5% até 2013.

Antecipando as previsões, o Conselho Nacional de Políticas Energéticas (CNPE), através de sua Resolução nº 2/2008, tornou obrigatória a adição de 3% de biodiesel ao diesel (mistura B3) a partir de 1º de julho deste ano. Esta medida, além de fortalecer a indústria nacional e reduzir a participação do diesel mineral na matriz energética nacional, visa também escoara produção nacional de biodiesel, logo a qualidade do biodiesel pode sofrer variações conforme as estruturas moleculares dos seus ésteres constituintes ou devido à presença de contaminantes oriundos da matéria prima, do processo de produção ou formadas durante a estocagem do biodiesel.

Os contaminantes provenientes da matéria prima de produção do biodiesel interferem na suaqualidade, para tanto os métodos analíticos para determinação de contaminantes garantem que a quantidade existente não prejudique o processo final de produção de biodiesel.

Um desses contaminantes é o fósforo proveniente dos fosfolipídios encontrados tanto nos óleos vegetais como na gordura animal. Antes do processo de produção do biodiesel, o óleo ou gordura deverá passar por um pré-tratamentodenominado degomagem, para remoção de grande parte dos fosfolipídios. Neste procedimento são removidas também outras impurezas como ceras, substâncias coloidais e íons metálicos, sem o tratamento prévio de degomagem, resultará na redução do rendimento da reação, bem como na produção de um biodiesel com alto teor de fósforo.

Outro contaminantes é o enxofre também é um típico veneno decatalisadores e, portanto, afeta os conversores catalíticos. A presença de enxofre no diesel mineral também está associada à emissão de material particulado, danos à saúde e à corrosão de partes do motor.

A corrosividade ao cobre é um parâmetro estabelecido para determinar a capacidade potencial de o combustível causar corrosão em peças metálicas, que podem ser do motor ou do tanque dearmazenamento.

Os métodos analíticos para avaliação do processo produtivo por aspecto trata-se de uma analise preliminar onde se procura verificar a presença de impurezas que possam ser identificadas visualmente, como materiais em suspensão, sedimentos ou mesmo turvação na amostra de biodiesel, que pode ser decorrente da presença de água.

A massa dos resíduos insolúveis retidos...
tracking img