Resumo informativo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1252 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
KLEIMAN, Angela. Oralidade letrada e competência comunicativa: implicações para a construção da escrita em sala de aula. Scripta. Belo Horizonte, v. 6, n. 11, p. 23-38, 2002 .


O ensino dos gêneros complexos da escrita, na escola, requerer a oralidade letrada do professor porque tal ensino se processa na interação face a face; assim, está em questão a eficiência da prática oral do professorna construção de saberes sobre a escrita. Estudando esse tema sob o ponto de vista da oralidade letrada de professoras alfabetizadoras, a competência estaria na capacidade docente para relacionar elementos implicados na construção dos sentidos em contextos situados, o que remete a noções de competência comunicativa proposta por Hymes (1966 ) e ressignificadas por Gumperz (1982 ). Na busca decompor um modelo analítico da oralidade letrada docente, complementam-se essas noções com discussões sobre gênero, tomado como elemento integrador de conhecimentos e estratégias no que respeita à prática social.
O conceito de competência comunicativa (HYMES, 1966; GUMPERZ , 1982 ) – distinto do conceito de competência discursiva (MAINGUENEAU, 1996 ) –, considerando elementos como possibilidade(o que pode ser dito no sistema linguístico), adequação (o que pode ser dito no contexto da situação comunicativa), viabilidade (o que pode ser dito a partir dos recursos e meios disponíveis na situação), realização (o que é de fato dito/feito), permite descrever analiticamente a fala das alfabetizadoras focalizadas neste estudo, a qual obedece a restrições normativas da instituição e do gênero.Em relação à crítica feita ao conceito de competência comunicativa com base na dicotomia chomskiana competência X desempenho, importa registrar que Hymes contestava o formalismo e a concepção de comunidades de fala homogêneas; de todo modo, Gumperz (1982 ) redefiniu o conceito na busca de equacionar eventual separação entre contexto social e capacidades individuais, o que era objeto de críticaàs teorizações de Hymes (1966 ).

O modelo ampliado de competência comunicativa (de Hymes 1966 e Gumperz, 1982) é capaz de caracterizar, por um lado, o caráter processual, em constante transformação, da competência, pois envolve a interpretação de elementos do contexto de situação, como a situação da aula no caso das interações para fins didáticos e, por outro, a natureza socialmente construídada competência. (p.4 )

Em se tratando da análise da oralidade docente, o modelo permite a descrição da capacidade profissional tanto formal como informalmente desenvolvida para o agir pedagógico. O conceito de viabilidade revela-se fundamental na descrição da competência comunicativa das alfabetizadoras, uma vez que, segundo Bortoni (1988 ), a competência comunicativa tende a ser maior emeventos de fala familiares. “Por viabilidade, então, entendemos não apenas os aspectos relativos aos determinantes cognitivos do desempenho dos falantes [...], mas também determinantes culturais [...]” (p.5 )
O modelo apresentado não contempla, porém, determinantes sócio-históricos implicados na concepção de linguagem, daí a proposta de complementação, recorrendo a Bakhtin (1953) e a seu conceitode gênero discursivo, concebido como “[...] instrumento que permite discernir, nas manifestações ou atualizações de oralidade letrada da professora, a sua competência comunicativa para a situação de trabalho, subjacente às diversas soluções por ela encontradas para se comunicar na aula.” (p.6 ) A concepção dialógica da linguagem e a heterogeneidade dos textos construídos estão implicadas nessaperspectiva teórica.
À luz desse ideário, o gênero escolhido para a aula constitui recurso comunicativo para a organização do plano didático, incidindo sobre aspectos situacionais e contextuais. Assim, estudar a oralidade letrada da alfabetizadora à luz do conceito de gêneros implicaria observar a forma como seleciona, integra e explicita os gêneros em sua fala, o que estaria relacionado a sua...
tracking img