Resumo do juiz alternativo e poder judiciário

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (746 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Referência Bibliográfica:
ANDRADE, Lédio Rosa de. Juiz Alternativo e Poder Judiciário. 2. ed. Florianópolis: Conceito Editorial, 2008. 168p.

Lédio Rosa De Andrade nascido na cidade de Tubarão emSanta Catarina, professor universitário, psicólogo, Pós Doutor em Direito, doutorando em psicanálise pela Universidade de Barcelona e Desembargador do Tribunal de Justiça de seu Estado. Atuou nasComarcas de Tangará, Ibirama, Campos Novos, Tijucas e na 2ª Vara Cível de Tubarão. Autor de um generoso acervo de livros, dentre os quais se encontra a obra em análise, intitulada Juiz Alternativo ePoder Judiciário.
Abordando um polêmico tema dentro do ambiente jurídico, a obra nos revela a importância da valorização do Direito Alternativo, que preconiza a efetivação da justiça acima dos preceitosda lei, visando o atendimento dos direitos primordiais da sociedade e não de uma minoria aquinhoada.
O autor introduz seu livro, apresentando a divisão do Direito em duas correntes de pensamento: adogmática e a crítica. Na visão dogmática o Direito é visto como uma verdade incontestável, indissolúvel, tornando-se uma eficaz maneira de concretizar as desigualdades sociais e alicerçar o statusquo, perpetuando o domínio das elites.
No caso do pensamento crítico, há uma preocupação com os interesses sociais, não se apresentando este de maneira universal e imutável, e sim dinamicamente,trazendo à tona uma justiça material e uma desmistificação do discurso dogmático.
Andrade (2008, p. 45) retrata posteriormente a visão que o magistrado tem de si e, ainda, como a sociedade o vê.Compreende-se através do estudo que os julgadores não têm ainda uma visão clara sobre sua real função, achando-se neutros, puros aplicadores da lei e da justiça, demiurgos jurídicos, superiores a qualquermortal. Por sua vez a sociedade vê o poder judiciário lento, imperfeito, corrupto, parcial, formal, inacessível e burocrático.
O autor explicita também, a maneira com a qual a magistratura sustenta...
tracking img