Resumo capitulo 3 paulo freire

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3327 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS

 
Capítulo 3 – Ensinar é uma especificidade humana
 
 
Paulo Freire destaca que a segurança do educador demonstra ao aluno sua autoridade sem que seja preciso que o professor exija o respeito. O aluno saberá respeitar o professor que se faz respeitar.

3.1 - Ensinar Exige Segurança, Competência Profissionale Generosidade
 
A segurança, a competência profissional e a generosidade estão intrinsecamente ligadas, isto é, uma é dependente da outra.
O professor precisa preparar a sua aula, estar atualizado, saber dos fatos que ocorrem no mundo. Não pode exigir que seus alunos leiam e/ou estudem se não transmite conhecimento, se não demonstra confiança naquilo que ensina. As exigências precisam estaratreladas à prática.
Também é sem valor aquele professor que mesmo que possua vasto conhecimento, impõe o saber de forma autoritária e com pedantismo. O professor deve ter ciência de seu papel de educador e não se esquecer que está formando novos cidadãos.
O educador deve ministrar as aulas atento aos acontecimentos em sala de aula, quando qualquer problema aparecer em sala de aula deve tentarresolvê-lo e quando não tenha capacidade para tanto deve encaminhar o aluno ao setor responsável. O professor deve transmitir segurança durante as aulas, se houver insegurança, poderá passar a falsa ideia de que seja um péssimo profissional e não terá condições de ministrar as aulas.
Paulo Freire defende que a autoridade docente precisa estar fundada na autoridade da competência, não que acompetência técnica na área em que atua seja suficiente para garantir a autoridade, mas a incompetência profissional a desqualifica. A autoridade está relacionada com promover, incentivar, por isso demanda generosidade.
O educador precisa demonstrar segurança não apenas quando ensina o conteúdo, mas também ao andar, ao ser questionado. Isto porque deve satisfazer a curiosidade de seus alunos e sergentil durante as indagações. Não é aceitável que um professor ridicularize um aluno por achar que a pergunta foi “boba”. Quando questionado e não tiver conhecimento da resposta, deve ter humildade e responder que não sabe mas vai procurar a resposta. Com essas características você será um bom educador.
O professor deve estimular a busca do aprendizado dos alunos, fazer com que eles tenham gosto emestudar, questionem. O ensino está atrelado à formação ética dos alunos.

3.2 - Ensinar Exige Comprometimento
 
Paulo Freire destaca a importância entre o que e diz e o que se faz. Entre o que parece ser e o que realmente é. Isso também se aplica aos pais. Muito se fala da necessidade da leitura, mas se a criança/adolescente não vê os pais com tal hábito, exigir será uma tarefa vazia. Énecessário que sse demonstre coerência nas exigências e na prática.
Assumir a ignorância é melhor que mentir ou tentar enganar os alunos. E a postura de afirmar que não sabe é positivo aos alunos.
O professor serve de exemplo para os alunos. Ora, é aceitável o fato de que o docente pode desconhecer algumas coisas mas tem que saber muito sobre seu trabalho, deve estar sempre preparado. Ensinar exigecomprometimento, sendo necessário que se aproxime cada vez mais os discursos das ações. Sendo professor, é necessário conhecer o que ocorre no espaço escolar e estar ciente de que a sua presença na sala de aula não passa desapercebida pelos alunos.
O professor deve atuar com comprometimento. E comprometimento é demonstrar que tem conhecimento, que sabe o papel a ser desempenhado pelo aluno e peloprofessor. Mas não é apenas o professor que precisa desempenhar seu papel com comprometimento. Todo profissional deve atuar assim.
Também é importante a observação feita por Paulo Freire quando afirma que o professor não pode discriminar o aluno em hipótese alguma. Ou seja, a discriminação deve ser completamente repudiada em todos os setores e no cotidiano.
Outro fato que Paulo Freire chama...
tracking img