Resumo cap 15 fundamentos de economia autor vasconcellos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1079 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo Capítulo 15


Na quase totalidade dos livros introdutórios de Economia, o estudo da Macroeconomia dá ênfase a questões de curto prazo ou conjunturais, relacio¬nadas com o nível de atividade, o emprego e os preços (as chamadas políticas de estabilização).
A teoria do crescimento e do desenvolvimento econômico, entretanto, dis¬cute estratégias de longo prazo, isto é, quais medidasdevem ser adotadas para um crescimento econômico equilibrado e auto sustentado.
O desenvolvimento econômico é um conceito mais qualitativo, in¬cluindo as alterações da composição do produto e a alocação dos recursos pelos diferentes setores da economia, de forma a melhorar os indicadores de bem-estar econômico e social (pobreza, desemprego, desigualdade, condições de saúde, ali¬mentação, educaçãoe moradia.
Os dados internacionais indicam as amplas diferenças de renda entre os pa¬íses em desenvolvimento. Os níveis de renda médios em muitos desses países, especificamente na América Latina, são semelhantes aos níveis de renda norte¬-americanos do século passado. Contudo, em outros países em desenvolvimento, na Ásia e na África, as rendas per capita são ainda menores
Um caminho paraanalisar as diferenças de desenvolvimento entre os pa¬íses é partir dos elementos que constituem a chamada “Função de Produção Agregada” do País.
Nesse sentido as fontes de crescimento são: Aumento na força de trabalho ; Aumento do estoque de capital;
Melhoria na qualidade da mão de obra; Melhoria tecnológica e Eficiência organizacional.
Para efeito de análise, ressaltaremos apenas os fatoreseconômicos estratégicos para o desenvolvimento.
No estudo das fontes do crescimento, muita ênfase é dada ao capital físico, mas o capital humano é muito importante. Ele é o valor do ganho de renda potencial incorporado nos indivíduos e inclui a habilidade inerente à pessoa, o talento, assim como a educação e as habilidades adquiridas.
Portanto, o crescimento está limitado ao tempo que os fatores deprodução levam para serem acumulados; a educação é fator de crescimento mais lento, mas também é um dos mais poderosos
O capital físico tem sido sempre o centro das explicações para o progresso econômico, simplesmente por causa da presença notável de maquinário e de equipamentos sofisticados e abundantes em países ricos e de sua escassez em
países mais pobres.
Por exemplo, uma relaçãoproduto-capital igual a 0,33 (aproximadamente a brasileira) indica que, para aumentar o produto em 33 bilhões de reais, é preciso aumentar os investimentos em 100 bilhões de reais.
A relação produto-capital também é chamada de produtividade marginal do capital. Algumas vezes, essa relação aparece invertida como capital-produto, e não como produto-capital. Uma relação produto-capitalde 0,33 corresponde a uma relação capital-produto .
O economista norte-americano Walt Whitman Rostow, analisando a evolução histórica dos países desenvolvidos, detectou cinco estágios de desenvolvimento: sociedade tradicional ; pré-requisitos para a arrancada ; arrancada (take-off);
crescimento auto sustentável (maturidade) e idade do consumo de massa.
O período crucial é a arrancada(take-off} (terceira etapa do processo). Nessa fase, o processo de crescimento contínuo se institucionaliza na sociedade. Isso porque, na segunda etapa, ainda há certa resistência, já que a sociedade se caracteriza por atitudes e técnicas produtivas tradicionais.
A quarta etapa, a da marcha para o amadurecimento, leva cerca de 40 anos. Em seu transcurso, a moderna tecnologia se estende dossetores líderes, que impul¬sionaram a arrancada, para outros setores.
Finalmente, a economia atinge a quinta etapa, a era do alto consumo de massa, quando os setores líderes se voltam para a produção de bens de consu¬mo duráveis de alta tecnologia, e serviços. Nessa fase, a renda ascendeu a níveis em que os principais objetivos de consumo dos trabalhadores não são mais a alimentação...
tracking img