Responsabilidade social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2900 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

Este trabalho discute a aplicação da Responsabilidade Social (RS) como uma

estratégia empreendedora e sua contribuição como um diferencial competitivo para

empresas de pequeno porte, enfatizando também a importância e os benefícios que estas

organizações poderão obter com a implementação de uma gestão de RS eficiente. O

objetivo do estudo foi analisar a aplicação da gestãoda RS em uma pequena empresa

de serviços. Através da metodologia de estudo de caso, a pesquisa identificou as práticas

de RS desenvolvidas pela organização e levantou a percepção de seu dirigente sobre as

contribuições destas práticas para a competitividade da empresa. A metodologia utilizada

foi um estudo de caso qualitativo e descritivo. Os resultados do estudo revelaram que asestratégias de RS contribuíram positivamente para melhorar a imagem da organização,

possibilitando o aproveitamento de um nicho ecológico e acrescentando-lhe um diferencial

competitivo. Além disso, permitiu estabelecer uma relação entre as variáveis de RS e as de

estratégia empreendedora.

Palavras-chave: responsabilidade social, empreendedorismo, pequenas empresas,

terceiro setor,ética empresarial.

1 INTRODUÇÃO

O ambiente de acirrada competição atualmente vivenciado pelas pequenas

empresas vem, concretamente, impondo-lhes a necessidade de uma atuação diferenciada

como imperativo de sobrevivência no mercado. Exige-lhes verdadeira quebra de paradigma,

ao determinar a mudança das atitudes empresariais de fundamentadas simplesmente em

conceitos de lucro, paraatitudes e práticas administrativas mais solidárias, no que diz

respeito às suas interações e responsabilidades sociais com a comunidade com a qual

interagem e de onde retiram sua sustentação econômica. Portanto, se tornaria muito

importante que, tanto as organizações já instaladas no mercado, como os novos pequenos

empreendimentos, assumissem, em suas propostas de gestão, compromissos eresponsabilidades em uma nova dimensão, indo além do enfoque puramente financeiro,

para o de agregação de novos valores empresariais que considerem a vida social e a

conduta ética da empresa. O problema enfrentado dentro deste contexto está no fato de que

geralmente o pensamento da administração da pequena organização está voltado para o

aspecto econômico e financeiro dos negócios,relegando a responsabilidade social a um

segundo plano, o que acaba por conduzir a empresa a uma alarmante situação de

desconformidade em relação ao meio ambiente, aos direitos humanos e às condições de

trabalho. Isto vem requerendo iniciativas urgentes no sentido de amenizar tais deficiências.

Não basta, no entanto, a simples vontade e a consciência do dever. Para isso faz-senecessário incluir nas ações das empresas, formas de trabalho que comprovem a adoção

de atitudes e políticas justas, tanto no que se refere ao respeito às leis de direitos humanos

e meio ambiente, quanto na sua relação com funcionários, consumidores e fornecedores.

Assim, é fundamental que os pequenos empresários conheçam e utilizem ferramentas

adequadas, que possam auxiliar a organização naidentificação dos principais caminhos a

serem seguidos e planejar ações baseadas em comportamentos socialmente responsáveis.

Quanto ao estado da arte, ocorre ainda que são escassos os trabalhos acadêmicos

de responsabilidade social aplicados às pequenas e médias empresas (PMEs). Assim é

necessário compreender como estas organizações desenvolvem formal ou informalmente, a

gestão deresponsabilidade social e qual a implicação desta na competitividade da empresa.

Por esta razão realizou-se um estudo de caso em uma pequena empresa prestadora

de serviços com o objetivo geral de analisar a aplicação da responsabilidade social da

mesma. Especificamente, o estudo procurou identificar as ações de responsabilidade social

desenvolvidas pela organização, avaliar, na...
tracking img