Resenha sobre o obvio - darcy ribeiro, 1979.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (924 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha do texto Sobre o obvio. D. Rybeiro, 1979
Falar sobre a educação brasileira é voltar no tempo e tentar entender as causas que hoje assolam tal educação, Darcy Ribeiro discorre neste textosobre o gérmen de uma educação fragilizada que temos hoje, ele faz um percurso dela, desde que o nosso país foi colonizado pelos portugueses, até as conseqüências provocadas por atitudes falhas emrelação a esse importante instrumento de quebra nas amarras da ignorância.
Nessa obra o autor inicia falando sobre a questão do senso comum, ainda vivemos em um mundo do “achismo” onde nosso conhecimento sedá através do que está na nossa frente e não em um conhecimento pelas vias de fato, e a ciência tem contribuído para a elucidação de muitos fenômenos no qual acreditamos ser verdade e através delapodemos compreender que nem tudo o que conhecemos ou acreditamos é verdadeiro, ou passível de dúvidas, o autor afirma ainda que o nosso país durante muito tempo foi visto como subdesenvolvido e inferiorpor sua historicidade, mas que através do tempo e da ciência essa visão pôde ser refutada.
Para as causas do atraso do nosso país, ele nos mostra haver um culpado, que foi e continua sendo – AClasse Dominante - com sua astúcia e jogos de interesse, se perpetuando no poder desde sempre. Concordamos que para essa classe se manter no poder é necessário que o povo mantenha-se alienado a ela,fazendo com que ela ai permaneça, mas de que forma? Agindo sobre a base intelectual desse povo, sempre que não contribui significativamente para a elevação da qualidade da educação do nosso país.
DarcyRibeiro nos mostra ironicamente como essa classe de astutos e manipuladores vem ao logo de séculos arquitetando a desgraça do seu próprio povo. Economicamente o Brasil é um país rico, economia esta queé gerada principalmente pela generosidade da natureza e a força humana que a transforma, e mesmo assim ela não é distribuída de forma igualitária entre a população, que produz para a classe...
tracking img