Resenha geografia economica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1397 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Geografia Econômica, Campo Grande, CCET - UFMS

BECKER, Bertha K; EGLER, Claudio A. G. Brasil Uma Nova Potência Regional na Economia – Mundo. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1992. Cap. 2, 3 e 4 , pag. 67 a 147. ANDRADE, Manuel Correia de. Geografia Econômica. São Paulo, Atlas S.A, 1973. 267 pg. RESENHA JOSÉ RENATO SILVA DE OLIVEIRA ¹ j.reenatoo@gmail.com , j.reenatoo@msn.com

“ Brasil UmaPotencia Regional na Economia-Mundo” da geógrafa e historiadora Bertha Koiffmann Becker, Atualmente professora Emérita da Universidade Federal do Rio de Janeiro e coordenadora do Laboratório de Gestão do Território – LAGET/UFRJ; traz como objetivo desmitificar o discurso daqueles que acreditam no ideário do “Brasil Potência”, bem como dos que reduzem a um mero membro do “Terceiro Mundo”. “ Partindode um ponto de vista inovador e instigante, onde estão ressaltadas as ambivalências de uma potência regional emergente no cenário de multipolaridade global, está obra permite análises comparativas com outros países e a avaliação das reais dimensões do Brasil no contexto latino-americano. O Brasil é parte integrante da economia-mundo capitalista, mas possui características peculiares que oindividualizam no cenário mundial. A via brasileira para a modernidade é a única no século XX e os brasileiros precisam conhecê-la para melhor decidir sobre seu futuro. Essa é uma contribuição da geografia para decifrar o enigma da construção da nação”. O Estado e a Industrialização Nacional ( 1888/89 – 1967) – foi o período em que o Brasil continuou dominado pelo complexo agroexportador cafeeiro. Porém oestado começou a planejar o desenvolvimento industrial. O processo de expansão do café criou as condições para o surgimento da industria. Nesse período houve uma intensa migração para o Brasil. Com a grande crise de 1929 o café que custava em média de

23 centavos caiu para 8 levando diversos produtores a falência. Essa crise motivou a expansão da industria no Brasil, especialmente a de bensde consumo.
“ Expandiu-se, assim, a industria de bens de consumo, principalmente a têxtil. O primeiro censo geral das industrias brasileiras (1907) registrou 3.258 estabelecimentos e 150.841 operários, sobressaindo a industria têxtil, cerca de 60%, e de alimentos, 15%, concentrada no Rio de Janeiro 33%, São Paulo 16% e Rio Grande do Sul 15%” (Becker, 1992).

Sabe-se que a mundialização daeconomia está ligada diretamente com a consolidação do dólar moeda internacional. Sabendo disso as multinacionais começaram a se expandir em escala mundial. Não diferente, esse processo de mundialização também alterou alguns aspectos das regiões brasileiras e criou condições para que fosse incorporado na economia-mundo. A partir da década de 1870 tem-se a formação do mercado de trabalho que foi umacondição essencial para a capitalização da economia alterando a dinâmica espaço-temporal e divisão territorial do trabalho. A divisão territorial do trabalho está aqui, dividida em três setores.
“ a marinha, que correspondia às terras próximas ao litoral e domínio da grande lavoura escravista, o sertão, vasto hinterland complementar à economia litorânea, onde a pecuária extensiva constituía aprincipal atividade econômica e as minas, que representaram um denso povoamento de porções determinadas do interior e ativaram fluxos comerciais importantes tanto com a marinha, como com o sertão” ( Becker , 1992 ).

A relação da economia com o território se constitui uma importante categoria de análise enfatizado pela autora. Através do texto podemos perceber o cunho capitalista. Nesse períodopredominava o capitalismo mercantil onde a cidade estava ligada ao campo necessariamente. Nesse contexto Surgem então, os arquipélagos mercantis.. A organização territorial nesse momento estava pautada sobre as regiões portuárias como a do Rio de Janeiro.

“ A conformação em arquipélago refletia a inserção do Brasil como produtor de mercadorias para o mercado mundial, fosse açúcar, fumo, cacau,...
tracking img