Resenha do livro o filho eterno - cristóvão tezza

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (868 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha da obra “O Filho Eterno”, do escritor Cristóvão Tezza (2007).
Por: Ligia Dias

O Filho Eterno é uma das produções literárias do escritor catarinense Cristóvão Tezza, ganhador do PrêmioJabuti de Literatura. O autor nasceu em Lages (Santa Catarina – 1952) e estudou Letras na Universidade de Coimbra, em Portugal. Doutor em Literatura Brasileira pela USP, Tezza é considerado um dosmaiores escritores brasileiros da contemporaneidade, tendo recebido prêmios importantes, como os Prêmios Machado de Assis e da Academia Brasileira de Letras. Além de O Filho Eterno, confirmado como o melhorromance do ano de 2007, Tezza é autor de outras obras importantes, como Trapo, Fantasmas da Infância, Breve Espaço entre a Cor e a Sombra e Ensaio da Paixão. Para alguns críticos da área, O FilhoEterno é o resultado de uma grande façanha literária do escritor, pois, apesar da obra ser classificada como romance brasileiro, é notoriamente um texto autobiográfico.

O Filho Eterno relata ahistória do relacionamento entre um pai e um filho separados, a princípio, por uma herança genética inesperada: a Síndrome de Down. De um lado, um homem inseguro que viu seus sonhos e expectativasdesmoronarem com o nascimento de um filho “mongolóide” (termo ainda utilizado na década de 80, quando a história começa), mudando por completo o planejamento de sua vida. Do outro, uma criança destinada a viverpara sempre na dependência do outro.

O conflito mental constante por parte de pai, claramente apresentando um perfil inseguro e despreparado para lidar com o tipo de situação abordada no texto, éalgo que confunde o leitor e, por que não dizer, o escandaliza em vários momentos, devido ao nível das descrições de sentimentos e pensamentos do personagem com relação à criança. Vergonha,insatisfação, culpabilização da esposa pelo nascimento de um indivíduo inútil, desejo de morte do filho como forma de consolo, dentre outros sentimentos de caráter mesquinho, são revelações que trazem ao...