Resenha - cap. 1 e 2 do livro - oque é filosofia ? pra que seve?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1189 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
Capítulo 1 – “O que é filosofia? Uma só pergunta e múltiplas respostas”
A filosofia teve muitas definições por diversos filósofos. Podemos encontrar concepções/definições diversas, não em todos os casos mas algumas tornam-se centrais, outras secundárias e outras ainda são postas de lado. Essas obras passando pela mão de outros escritores podemganhar concepções diferentes, como por exemplo, uma obra que na versão original é secundária pode se tornar uma obra e vice-versa. Platão filósofo que de costume tem remontar a própria filosofia. Se seguirmos as lições de Platão e Aristóteles veremos que é possível encontrar todas as respostas para a definição da filosofia. A filosofia é uma busca que se realiza na contemplação da verdade que setornou por excelência platônica.A concepção platônica é considerada fundadora do sentido ocidental da filosofia,significa que é um saber dado exclusivamente pelo intelecto e pela razão.Filosofia palavra de origem grega que significa Amor a sabedoria.Filosofia é o estudo de problemas relacionados a existência,verdade,valores morais e estéticos ,á mente e á linguagem.Por abordar esses problemas afilosofia se é dada pela mitologia e da religião por sua ênfase em argumentos racionais,tal que diferencia-se das pesquisas científicas pelo fato de não recorrer a procedimentos empíricos em suas investigações.Dentre muitos outros métodos filosóficos estão lógica,análise conceptual,as experiências de pensamento entre outros. A filosofia ocidental surgiu na Grécia antiga no século VI a.C. Desdeentão,muitos pensadores originais como Tales,Xenófanes,Pitágoras,Heráclito e Protagoras empenharam-se em responder, racionalmente, questões sobre a realidade, das origens e características do verdadeiro conhecimento, da objetividade dos valores morais, da existência e natureza dos Deuses. Podemos ver que muitas das questões implantadas por estes filósofos são ainda temas da filosofia contemporânea.Acompreensão da filosofia em verdade teve sua busca mesmo em Sócrates que foi o primeiro filósofo a se preocupar com definições universais no âmbito da moral etc.Como Sócrates todos os outros filósofos rejeitavam qualquer pretensão ao saber,decidindo suspender o juízo ao invés de confirmar tê-lo alcançado.Os céticos se são inspirados pelo famoso “ Só sei que nada sei”. Considero Filosofar, como umaatitude natural do homem. A minha experiência depende da existência do outro, e a nossa existência no caso a minha e a dele estão inseridas na natureza.O que a filosofia é justamente entender a evidência e o sentido profundo dessas realidades (do eu, do outro, da natureza).Filosofar é uma busca criativa de soluções e questões que, por sua natureza, não encontram solução definitiva. A filosofia nosconvoca a procurar certezas, fundamentando-as em bases sólidas, apesar das ambiguidades e dificuldades que a realidade apresenta, ou mesmo, até por causa delas. “Sócrates nos mostra o ato de filosofar e os atos de viver são inseparáveis, também nos ensina que a atitude de filosofar só pode começar quando reconhecemos nada sabermos”.Filosofia também pode ser considerada como por “exemplo” umaespécie de terapia conceitual.Tal que, Ludwig Wittgenstein observa: “Pensamentos que estejam em paz: eis pelo que anseia todo filósofo.”Ou seja para ele, “a filosofia não é uma teoria, mas uma atividade. Uma obra filosófica consiste essencialmente em elucidações. Como teoria política a filosofia tem também sua expressão durante o Renascimento, nas obras de Nicolau Maquiavel e Thomas Hobbes. Maquiavel,por exemplo, é considerado o iniciador da ciência política moderna. Sua principal obra filosófica, O príncipe, é um tratado político, onde defende que “os fins justificam os meios”, ideia que se tornou célebre embora tenha adquirido um sentido bastante negativo.  Hobbes argumenta que só podemos conhecer algo do mundo exterior a partir das impressões sensoriais que temos dele ("Só existe o que...
tracking img