resenha arte da guerra - sun tzu

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3073 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de junho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto

ACERCA DO AUTOR
Sun Tzu (544 a.C) foi um estrategista de guerra, filósofo chinês, general do Rei Hu LU. É conhecido por ter escrito o livro “A Arte da Guerra”. Não existem registros da data de sua morte.

Sun Tzu, apesar de ter nascido há milênios, tem grande influência sobre estudiosos e militares que abordam assuntos sobre estratégias de guerra, através do livro "A Arte da Guerra". Mesmoos profissionais do meio corporativo e de negócios, possuem o filósofo e estrategista como grande inspirador de suas decisões e negócios.


PERSPECTIVA TEÒRICA

O autor usa como ponto de partida o importante papel que a guerra desempenha na vida social, sendo a causa da desgraça dos povos. Analisa sua influência na economia e observa o quanto ela é prejudicial ao povo; como general, sabia oquanto a manutenção das tropas custava ao Estado e como a passagem das tropas aumentava a inflação nas províncias. Assim, é do interesse de todos que o conflito, quando necessário, seja resolvido de maneira sucinta, diminuindo a extensão dos danos que invariavelmente provoca.

RESUMO DA OBRA

Capítulo I - Estimativas ou Cálculos

A guerra é um assunto de vida ou morte para um Estado, deveentão ser seriamente estudada.
Cinco fatores são fundamentais:

1) A moral: um soberano deve ter a confiança de seu povo para conseguir levá-lo à guerra e arriscar suas vidas.

2) O clima: compreensão e bom uso das estações do ano.

3) O terreno: as condições físicas da geografia local, o cálculo das distâncias.

4) O comando: as cinco qualidades básicas de um general, a saber, a coragem, origor, a sabedoria, a sinceridade e a humanidade.

5) A Doutrina: tudo que concerne à manutenção e administração das tropas.

O conhecimento desses cinco fatores possibilitará a previsão de que lado vencerá. Aquele que melhor souber usá-los poderá criar situações que o levem à vitória.
Sete cálculos respondem sobre a vitória.
1) Quem pode unir povo e exército?
2) Quem tem um melhorcomandante?
3) Quem tem vantagem sobre o terreno e o clima?
4) Quem pode garantir mais ordem e disciplina?
5) Quem tem um exército superior?
6) Quem tem homens mais treinados?
7) Quem tem um sistema mais justo de recompensa e punição?

Com muitos cálculos pode-se vencer, com poucos não. Mas sem eles as chances são nulas.

Toda guerra baseia-se no ardil, um bom comandante sempre dissimulará assuas reais condições com o intuito de ludibriar o inimigo e criar as condições de vitória.

Capítulo II - A Condução da Guerra ou Planejamento

Os custos de uma guerra são muito elevados para qualquer Estado, a manutenção das tropas por longos períodos de tempo leva um reino à ruína. Assim, a chave da guerra está na vitória e não na sua prolongação.

Capítulo III - Estratégia Ofensiva

Naguerra, o objetivo é tomar o Estado intacto. A habilidade consiste em derrotar o inimigo sem lutar.
Portanto deve-se primeiro atacar a estratégia do inimigo; em seguida deve-se romper as alianças dele; o melhor passo seguinte é atacar seus exércitos.
A pior atitude é cercar uma cidade, pois isso consome recursos e tempo.

Aquele que consegue tomar o império intacto, não cansa suas tropas edomina a arte da estratégia ofensiva.
No uso das tropas assim é que se deve proceder:
a) Quando suas tropas estiverem na proporção de dez para um em relação ao inimigo, cerca-o.
b) Quando tiver cinco para um, ataca-o.
c) Se a força dele é o dobro da sua, divide-o.
d) Se sua força for numericamente mais fraca, certifique-se da possibilidade de retirada.
e) Havendo equilíbrio de forças, vá àcombate. Prevalecendo a igualdade, tente enganá-lo.

O comando das tropas cabe exclusivamente ao general, existem três modos de um governante atrapalhar seu exército:
a) Quando não sabe quando atacar ou recuar e interfere nas ordens do general.
b) Quando ignora os assuntos militares e se intromete na administração dos exércitos.
c)Quando participa do exercício da responsabilidade, dividindo a...
tracking img