Relatorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 72 (17901 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Licenciatura em Educação Básica
Disciplina: Contextos Educativos e Prática Profissional
Docente: Professora Doutora
Ano lectivo: 2009/2010
Tema do trabalho: Relatório de Observação em Contexto de Creche



Discentes:
Ana Moreira Nº 56315
Bárbara Santos Nº 56292
Marta Brazão Nº 56247
Turno A

Índice

Introdução | 3 |
Definição de Creche | 4 |
Caracterização do meio | 8|
Regulamento interno da Creche “Quinta da Nascente” | 15 |
Caracterização da instituição | 19 |
Caracterização dos recursos humanos | 23 |
Caracterização dos berçários | 24 |
Caracterização das salas de 1 ano | 35 |
Caracterização das salas de 2 anos | 48 |
Relação com a família, projecto pedagógico e profissionalismo | 61 |
Caracterização do grupo de crianças | 79 |
Reflexãocrítica da aluna Ana Moreira | 80 |
Reflexão crítica da aluna Bárbara Santos | 83 |
Reflexão crítica da aluna Marta Brazão | 85 |
Conclusão | 89 |
Bibliografia | 91 |
Anexos | 92 |

Introdução

Durante os dias 19 e 26 de Maio e 02 e 09 de Junho de 2010 decorreu a nossa observação na Creche “Quinta da Nascente”. Ao longo destes quatro dias tivemos não só a oportunidade de observar eexplorar o contexto em questão, como também a oportunidade de contactar com as crianças, pois muitas vezes as próprias educadoras pediam para cooperarmos com elas e interagirmos com as crianças.
Estes dias tinham como objectivo conhecer o contexto onde nos encontrávamos, tentando recolher informação sobre o local observado, através da caracterização da instituição, das várias salas, do grupo decrianças, e ainda, da caracterização do meio que envolve a instituição, entre outras coisas.
Desta forma, pretendemos que este relatório seja objectivo e sintético, não demasiado descritivo, mas que seja capaz de dar a conhecer o contexto observado e aquele que foi o nosso desempenho ao longo do período de observação. Durante a sua elaboração tentamos, sempre que possível, fundamentar as afirmaçõesque fazemos através das leituras que fomos fazendo ao longo das semanas em que decorreram as observações.
Na nossa perspectiva, este relatório tem também por objectivo, a nossa auto-reflexão acerca do nosso desempenho durante as observações. Reflexão esta que, julgamos que de certa forma, assume o sentido de tornar o mundo melhor, de fazer com que as pessoas mudem e evoluam à luz daquilo queanalisam.

“A creche é uma realidade que está para ficar.
O desafio está em torná-la uma realidade de qualidade”
(Gabriela Portugal, 1998)

Definição de Creche

A Creche acolhe crianças da faixa etária dos 0 aos 3 anos e a tutela destes estabelecimentos é da única competência do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social. Esta acolhe crianças cuja função é essencialmente educativa. Noentanto, este conceito tem vindo a evoluir tendo-se iniciado com os orfanatos.

O porquê da existência de creches

As creches surgem como um meio de cobrir as necessidades das famílias, que frequentemente, por rações económicas, não podem de outro modo realizar a educação das suas crianças.
As creches além de constituírem um serviço à família podem responder às necessidades educativas dosmais pequenos. A creche não é apenas um local de guarda das crianças, é acima de tudo um meio educativo.

Despacho normativo n.º 99/89 de 27 de Outubro de 1989

Objectivos específicos da creche:
a) Proporcionar o atendimento individualizado da criança num clima de segurança afectivo e físico que contribua para o seu desenvolvimento global;
b) Colaborar estreitamente com a família numapartilha de cuidados e responsabilidades em todo o processo educativo de cada criança;
c) Colaborar no despiste precoce de qualquer inadaptação ou deficiência, encaminhando adequadamente as situações detectadas.

Compartimentos e espaços necessários:
As instalações das creches devem compreender, nomeadamente, os seguintes compartimentos e espaços, de harmonia com os requisitos...
tracking img