Relatorio de macani dos solos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2616 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE BRASÍLIA.
CAMPUS SAMAMBAIA






RELATÓRIO TÉCNICO DE MECÂNICA DOS SOLOS

Luciano Nogueira Varelo
Luiz Claudio


PROFESSORA: Joseleide



CURSO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES
MODULO I / TURMA B




Brasília / DF: Janeiro, 2013

Sumário
INTRODUÇÂO 41. Solo - retirada de amostra indeformada 5
1.1 – Introdução 5
1.2 -Objetivos 5
1.3 - Aparelhagem 5
1.4 - Procedimento 6
2. Solo - RETIRADA DE AMOSTRA DEFORMADA 8
2.1 – Introdução 8
2.2 - Objetivo 8
2.3 - Aparelhagem 8
2.4 - Procedimento 9
3. DETERMINAÇÃO DO TEOR DE UMIDADE DAS AMOSTRAS DEFORMADAS 9
3.1– Introdução 9
3.2 – Objetivo 9
3.3 – Aparelhagem 9
3.4 - Procedimento 10
3.5- Conclusão 10
5. Análise Tátil Visual 13
5.1 – OBJETIVO 13
5.2 – APARELHAGEM 13
5.3 - Procedimento 13
5- SOLO – ANÁLISE GRANULOMÉTRICA 14
5.1 INTRODUÇÃO 14
5.2- OBJETIVO 14
5.3 – APARELHAGEM 14
5.4 – PROCEDIMENTO 15
6. SOLO- DETERMINAÇÃO DO LIMITE DE LIQUIDEZ 17
6.1 – INTRODUÇÃO 17
6.2. - OBJETIVO 17
6.3 APARELHAGEM 17
6.3 PROCEDIMENTO 18
7- DETERMINAÇAO DO LIMITE DEPLASTICIDADE 20
7.1- INTRODUÇÃO 20
7.2OBJETIVO 20
7.3-APARELHAGEM 20
7.4 PROCEDIMENTO 21
CONCLUSÃO: 22
8. SOLO – DETERMINAÇÃO DA MASSA ESPECÍFICA DE AMOSTRAS INDEFORMADAS, COM EMPREGO DA BALANÇA HIDROSTÁTICA. 22
8.1 Introdução 22
8.2 OBJETIVO 22
8.3APARELHAGEM 23
8.4 PROCEDIMENTO 23
Balança Hidrostática 24
CONCLUSÃO 26
BIBLIOGRAFIA 27









INTRODUÇÂO1. SOLO - RETIRADA DE AMOSTRA INDEFORMADA

1.1 – Introdução
Essa Coleta foi feita seguindo a norma NBR 9604, que fixa as condições exigíveis para os procedimentos básicos para a coleta de amostra indeformada.

1.2 -Objetivos
Extrair com o mínimo de perturbação, procurando manter sua estrutura e condições de umidade e compacidade ou consistências naturais.
1.3- Aparelhagem
• enxada
• pá
• Picareta
• Espátulas
• Facão
• Fogareiro
• Parafina
• Pincéis

1.4 - Procedimento
Foi limpa uma área de 1,30 M por 1,30 M, com a enxada, logo, foi cavado 40 cm e foi descartado. A partir daí foi retirado 4 blocos de +/- 30 cm de altura com estremo cuidado para não causar nenhum impacto à amostra.
.
Figura 1. - Detalhe da limpeza do local
Figura 2.momento da retirada da amostra



Após esse procedimento, foi aceso o fogareiro e foi derretida a parafina distribuindo-as em pequenas vasilhas e então parafinou-se as amostras uma a uma, de acordo com sua retirada.





Figura 3. Detalhe da parafinação da Amostra

Com o objetivo de não deixar quebrar essa amostra e não deixar perder a umidade, após parafinadas foram revestidas por umplastico , levadas em imediato para o laboratório e guardadas de modo que não se perdesse nenhuma propriedade das mesmas.
A amostra assim preparada foi armazenada em laboratório para posterior ensaio.












2. SOLO - RETIRADA DE AMOSTRA DEFORMADA

2.1 – Introdução
Coletou-se essa amostra seguindo a norma NBR 9604, que fixa os procedimentos corretos para a coleta de amostrasdeformada.

2.2 - Objetivo
Extrair por raspagem ou escavação, implicando na destruição da estrutura e na alteração das condições de compacidade ou consistências naturais.

2.3 - Aparelhagem
• Enxada
• Trado de 10 cm
• Sacos plásticos

2.4 - Procedimento
Foi feita a limpeza da área e cavou-se 1 m, retirou-se a primeira amostra (amostra de 1m) e foi coloda num saco plástico, logo, foicavado mais 1 metro e retirou-se a segunda amostra (amostra de 2m) e também foi colocada em saco plastico, e por ultimo cavou-se mais 1 metro e retirou-se a terceira amostra (amostra de 3m) que também foi colocada em um saco plastico.
Após a retirada de cada amostra, foi etiquetada e levadas ao laboratório para posterior analise das mesmas.








2. DETERMINAÇÃO DO TEOR DE UMIDADE DAS...
tracking img