Relatorio de inqueritos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1965 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Relatório de Perigos e riscos no Serviço Central de Esterilização

Trabalho Realizado por: Hugo Morais
Data : 13 – 05 - 2011

Indíce

1. Introdução 2
1.1. Sala A – Recepção dos contaminados 3
1.2. Sala B – Processamento 4
1.3. Sala C - Armazém de Estéreis 5
1.4. Sala C – Expedição 6
2. Metodologia 7
3. Resultados 8
3.1 Sala A – (Sala dos Contamindos) 8
3.2 Sala B –(Zona de Limpos) 9
3.3 Sala C – Armazém de estéreis 10
3.4. Sala C - Expedição 11
4. Conclusão 12

1. Introdução

O SCE(SCE) é uma unidade orgânico-funcional de apoio clínico, dotada de autonomia técnica, de recursos materiais e humanos próprios, de forma a realizar, centralizadamente, isto é, para todos os serviços do estabelecimento de saúde em que se integra, as actividadesinerentes ao processamento global dos dispositivos médicos reutilizáveis, quer sejam desinfectados ou estirilizados. O SCE divide-se em vários sectores de acordo com as diferentes etapas e processos desenvolvidos no serviço. Essas etapas e processos, passam por:
* Recolher e transportar os dispositivos médicos (DM) contaminados;
* Lavar, desinfectar e inspeccionar os DM reutílizáveis;
*Preparar e embalar os DM;
* Esterilizar os DM;
* Armazenar os materiais processados;
* Supervisionar os serviços utilizadores quanto às condições de armazenamento de materiais estéreis;
* Distribuir os materiais processados;
É composto pelas seguintes áreas funcionais:
* Sala A – Zona de descontaminação
* Sala A e B – inspecção a todo o material
* Sala B – preparação daembalagem e monitorização de têxteis embalados
* Sala B e C – esterilização
* Sala C – Armazém de estéreis

1.1. Sala A – Recepção dos contaminados

Nesta área procede-se à recepção e triagem de todos os DM, oriundos dos Centros de Saúde / Unidades de Saúde e dos serviços do Hospital (Bloco operatório, Bloco de Partos, Neonatologia, Cirurgia de Ambulatório, Serviços deInternamento, Consulta Externa) e Unidade de Convalescença.

Após a recepção, procede-se da seguinte forma:
Processos
- Lavagem e secagem
- Desinfecção
- Inspecção
- Lubrificação











Maquinas/Materiais

* 3 Máquinas de lavar instrumentos cirúrgicos, borrachas e plásticos
* 2 Máquinas de lavar de barreira sanitária (1 só lavaInstrumental cirurgico) 1 multifunções (programas de ferros, vidros e material de anestesia)
* 1 máquina de 1 porta (trabalha em SOS para lavagens de ferros urgentes e/ou avaria das 2 outras máquinas
* 1 Pistola de água
* 2 Pistolas de ar comprimido (6,2 bar e 2 bar respectivamente)
* Mesa de pré-lavagem
* 1 Banca de Lavagem (principal 2 cubas fundas)
* 1 Banca de Lavagem(material delicado)
















1.2. Sala B – Processamento

Nesta área realiza-se a montagem das caixas com DM, bem como a separação dos DM por mangas, em que cada manga leva uma quantidade de vários dispositivos, diferente para cada sector de actuação, depois desta separação, os materiais vão ser esterilizados ou nos autoclaves ouentão nos esterilizadores a baixa temperatura. Estes dispositivos podem ser:
* Ferros;
* Mascaras respiratórias;
* Tecidos verdes que vão para blocos;
* Lençóis que vão para bloco ;
* Biberons;
* Caixas instrumentais com respectivo material cirúrgico;
* Brinquedos;
* Etc…
Mas para estes processos serem bem executados são precisos:

ESTERILIZADORES
3 Auto-clavesa vapor, de porta dupla, para todo o material termoresistente (temp.121º e 134º)
2 Esterilizadores a baixa temperatura: 1 a óxido de etileno, e 1 a peróxido de hidrogénio para material termosensível – plasma . Nesta área existe 1 detector de óxido de etileno
1 Estufa de secagem

Materiais
* 2 Máquinas de termo-selagem de embalagens (manga Mista)
* 1 máquina de termoselagem só...
tracking img