Regras de argumentos logicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2471 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ARGUMENTOS VÁLIDOS E REGRAS DE INFERÊNCIA

Argumentos


Um argumento é uma série de sentenças (premissas) que podem ser simbolizadas por P1, P2, . . . ., Pn seguidas de uma conclusão Q.



Um argumento de premissas P1, P2, ..., Pn e conclusão Q é tido como válido se e somente se a conclusão Q é verdadeira todas as vezes que as premissas P1, P2,..., Pn são TODAS verdadeiras. Portanto,todo argumento válido tem a seguinte propriedade: “A verdade das premissas é incompatível com a falsidade da conclusão.” Um argumento não válido é chamado de sofisma.





Argumentos




Um argumento Também pode ser indicado por:

E lê-se:
1. 2. 3. 4. 5.

P1, P2, P3, ..., Pn acarretam Q; ou Q decorre de P1, P2, P3, ..., Pn; ou Q se deduz de P1, P2, P3, ..., Pn; ou Q se inferede P1, P2, P3, ..., Pn; ou de P1, P2, P3, ..., Pn se conclui Q.

Inferência
É a relação que permite estabelecer um encadeamento lógico no qual se pode passar das premissas para a conclusão O objeto de estudo da lógica é determinar se a conclusão de um argumento é ou não decorrente das premissas. Ou seja, se as premissas te levam à conclusão

Argumentos




O objetivo de um argumentoé justificar uma afirmação, ou dar as razões para uma certa conclusão obtida. Exemplo:
 Premissa

1: Todo aluno de gestão de tecnologia da informação deve estudar lógica  Premissa 2: Mariana é aluna de gestão de tecnologia da informação  Conclusão: Logo, Mariana deve estudar lógica

Exemplo
  

Todos os peixes nadam (premissa) Todos os pássaros são peixes (premissa) Todos os pássarosnadam (conclusão) Forma genérica: Todos as A são B (premissa) Todos os C são A (premissa) Todos os C são B (conclusão)


 

Forma de um argumento
O fator mais importante de um argumento é a sua forma e não o conhecimento sobre os valores de A, B e C. A validade de um argumento depende da estrutura lógica (forma) das suas premissas e conclusões (ou combinações de proposições ) e não doconteúdo delas
 

Uma proposição é verdadeira ou falsa Um argumento é válido ou não válido

Argumento
Exemplo: Todo gato tem seis pernas. Todo ser de seis pernas tem asas. Logo, todo gato tem asas. (F) (F) (F)

Argumento válido e conclusão falsa.

Argumento
Exemplo: A manga é muito nutritiva. Manga é uma parte da camisa Logo, uma parte da camisa é muito nutritiva (V) (V) (F)Argumento Inválido e conclusão falsa.

Argumento Válido
Quando um argumento é válido pode se dizer que a conclusão é uma consequência lógica das premissas, ou ainda que a conclusão é decorrente das premissas.  Em um argumento válido, as premissas são consideradas provas evidentes da verdade da conclusão, caso contrário não é válido.

Argumento válido
A validade de um argumento independe dovalor lógico das premissas

Dedução
Podem existir dois tipos de argumentos: Dedução e Indução  Argumento dedutivo: argumento no qual as premissas fornecem uma prova conclusiva da veracidade da conclusão. Podendo ser:
Válido: Quando as premissas, se verdadeiras, fornecem provas convincentes para a conclusão, isto é, quando for impossível que as premissas sejam V e a conclusão F;  Inválido:Quando ocorre de as premissas serem verdadeiras e a conclusão falsa.


Validade de um argumento
A Validade de um argumento pode ser testada de pelo menos três maneiras:

1. Construção de tabelas verdade e verificação se a

2. Construção de tabelas verdade e verificação
se a condicional associada é uma tautologia:

condicional associada é uma tautologia:  Argumento: pq, qr ├-- pr Condicional Associada: ((pq) ^ (qr))  (pr) *Nota: na condicional associada as vírgulas são substituídas pelo conectivo e; o símbolo ├-- pelo símbolo de condicional

Validade de um argumento
2. Construção de tabelas verdade e teste da
existência de linhas nas quais todas as premissas tem valor V: e a conclusão tem valor F.  Caso não exista nenhuma linha na qual todas as

3. O terceiro...
tracking img