Reformas feitas nos ultimos 10 anos banco central de mocambique

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4417 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INDÍCE

1 INTRODUÇÃO 2
2 Revisão Literária 3
3 O BANCO DE MOÇAMBIQUE 5
3.1 Historial 5
3.2 Funções Do BM 6
3.3 Objectivo(s) do BM 6
3.4 Visão 6
3.5 Política Monetária: 7
4 O período compreendido entre 1992 à 2000 ( Sistema Financeiro Moçambicano ) 9
5 Reestruturação Bancária 11
5.1 Primeira Fase das Reformas: 12
5.2 Estrutura Actual 12
5.2.1 Segunda Fase dasReformas ( Cronologicamente ) 14
5.3 Introdução da Nova Família do Metical 15
5.4 Critérios de eficiência 17
5.5 Conclusões dos efeitos da Reestruturação Bancária 19
6 Conclusão 21
7 Referências Bibliográficas 22

LISTA DE TABELAS

Tabela 1:Etapas da Gestão da Política Monetária 7
Tabela 2: Tabela de índice de performance dos Bancos de Moçambique 18

LISTA DE FIGURAS
Figura 1:Lucros / Prej.Líquidos (MMZM) 10
Figure 2:Números de bancos comerciais 13
Figure 3: Nota de 20 da antiga 15
Figure 4: Nota de 20 da nova família 15

INTRODUÇÃO

A principal função do sistema financeiro é movimentar os fundos emprestáveis dos agentes que poupam (superavitários) para os que obtém emprestado (deficitários) para adquirir bens e/ou serviços, e realizar investimentos para quea economia global cresça e aumente o modo de vida standard das populações. Sem o sistema financeiro e os fundos emprestáveis que o suportam, o crescimento económico seria muito reduzido e limitado, e os bens teriam de ser transaccionados no mercado à vista e as famílias e empresas teriam de se financiar a si próprias.
Os sistemas financeiros nunca são estáticos. Estes mudam constantemente, demodo a responder a procura do público, ao desenvolvimento de novas tecnologias, e as mudanças nas leis e regulamentações implementadas pelo Banco Central , sendo este um entidade independente ou ligada ao Estado cuja função é gerir a política económica, ou seja, garantir a estabilidade e o poder de compra da moeda de cada país e do sistema financeiro como um todo. Além disso tem como objetivodefinir as políticas monetárias (taxa de juros e câmbio, entre outras) e aquelas que regulamentam o sistema financeiro local. O banco faz isso interferindo mais ou menos no mercado financeiro, vendendo papéis do tesouro, regulando juros e avaliando os riscos económicos para o país.
O sistema financeiro moçambicano passou por grandes transformações ao longo da história do país. Factores como oabandono da economia socialista para a economia de mercado, em 1987, e as crises bancárias no período de 2000-2001, trouxeram a necessidade de uma adaptação rápida de modo a evitar o colapso do sistema financeiro-bancario .
No desenvolvimento do nosso trabalho vamos mencionar alguns aspectos relacionados ao banco central de Moçambique , focalizando e destacando as reformas que acontecendo nosistema financeiro precisamente bancário moçambicano influenciados pelo BM ao longo da ultima década .

Revisão Literária

Moçambique, assim como grande parte do continente africano estiveram, até o ano de 1975, sob o regime colonialista. A 25 de Junho de 1975 conquista a independência, transformando-se numa República Popular, com um regime de partido único, até Novembro de 1990, data daentrada em vigor da Constituição que instaurou o regime democrático multipartidário e um sistema de economia de mercado.
No entanto, o período logo a seguir a independência foi um período de grandes turbulências, caracterizado pela debandada em massa da população europeia, entre 1975 e 1976. Esta situação acabou por desequilibrar a evolução económica do país, criando uma grave lacuna de falta dequadros.
O Banco Nacional Ultramarino (BNU) transformou-se em Banco de Moçambique (BM) e, o Instituto de Crédito de Moçambique em Banco Popular de Desenvolvimento (BPD), sendo que as restantes duas deixaram de operar.
Deste modo, até 1989 a principal característica do sistema financeiro moçambicano era o número reduzido de bancos comerciais (apenas três) e, cerca de 95% do negócio bancário...
tracking img