Redes pequenas empresas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2422 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
REDES DE PEQUENAS EMPRESAS - AS VANTAGENS COMPETITIVAS NA CADEIA DE VALOR

s

1- Introdução Pequenas empresas podem ser competitivas, inclusive a nível internacional, se inseridas em redes flexíveis. Os consórcios da região italiana da Emilia Romagna são o exemplo vivo dessa afirmação. Este artigo tem o objetivo de enfocar a questão do ganho de competitividade quando da inserção da empresa emuma rede. É importante salientar que este artigo está voltado a redes de pequenas e médias empresas, as chamadas Redes Flexíveis de Empresas, aos moldes dos consórcios italianos, e não às redes Topdown, em que uma grande empresa coordena sua cadeia de fornecedores e subfornecedores em vários níveis. Essas redes flexíveis sao chamadas na Itália de Consórcios de Empresas, possuem uma amplavariedade de tipos e estruturas, função do segmento em que se incluem, do(s) produto(s) envolvido(s), e da profundidade do nível de cooperação. Romanticamente, diz-se que empresas de um mesmo segmento e especialmente, de uma mesma região, não são concorrentes, mas sim irmãs, e que irmãos devem colaborar entre si. Mas a justificativa real, e a própria base das redes em si é uma só: juntar esforços emfunções em que se necessita uma escala maior para sua viabilidade competitiva.
1

Pequenas empresas são mais flexíveis e ágeis do que as grandes empresas, nas funções produtivas. Se essas pequenas empresas puderem agregar vantagens de grandes empresas, em funções como logística, marca ou tecnologia, elas terão grandes chances de competição. 2. A Noção de Cadeia de Valor Considerando-se um negócioqualquer, o mesmo pode ser dividido em algumas funções-chaves. Essa funções- chaves seriam as seguintes: P e D (Pesquisa e Desenvolvimento) Logística de Aquisições Produção Tecnologia de Gestão Marketing Logística de Distribuição Caso se faça uma nova subdivisão, cada uma daquelas funções-chaves poderá ficar composta conforme a figura 1. InfraEstrutura P e D: -Atualização Setorial -Desenvolvimento deProdutos -Tecnologia de Processos Tecnologia de Gestão: RH, Qualidade, Planejamento, Gestão Financeira Logística de Produção: Marketing: -Atualização Aquisições: -Produção -Compras Interna Setorial -Estocagem -Custos -Marca de Materiais -Flexibilidade -Vendas -Transporte -Logística de -Atendimento de Materiais Produção (responsivi-Produção dade) Externa -Assistência

Operação

Logística deDistribuição -Estocagem de Produtos -Transporte de Produtos -Redes de Distribuição

Figura: 1 - Cadeia de valor genérica em negócios industriais A produção com alto valor agregado significa ofertar produtos que se beneficiem de todos esse passos a partir da esquerda para a direita. Significa que o produto será adequado às necessidades do mercado, que o produto terá ótimo projeto (design), boamarca, várias alternativas (flexibilidade), ou seja, que tenha valor; mas que ao mesmo tempo se beneficie dos esquemas logísticos e de vendas para chegar ao consumidor a um preço competitivo. O consumidor deve lhe atribuir intuitivamente mais valor do que seu preço. Considerando-se a relação Valor/Preço, se a mesma tiver um quociente maior do que 1(um), o produto terá grandes chances de sercompetitivo. O grande problema da pequena empresa é a falta de competência para dominar todas as etapas da cadeia de valor, além da própria capacitação de gestão de todas as etapas. Hoje em dia o ambiente empresarial passa por uma mudança do conceito de projeto de fábrica para projeto de negócio: “Em termos de concepção de um empreendimento, pode-se dizer que acabou-se a era do Projeto de Fábrica em favorda era do Projeto do Negócio”. Falava-se ainda que projeto de negócio envolvia não apenas os componentes tradicionais de projeto de fábrica mas também novos componentes como logística, parcerias, marcas, franquias. Verifica-se hoje uma maior complexidade de funções, de forma a cada vez ser mais necessário o conceito de alianças, ou seja trabalhar de forma associada ou cooperativada com outras...
tracking img