Redes para iniciantes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5492 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Redes para Iniciantes

Autor: Deuzivan Lima Cantinho

Redes para iniciantes
Ninguém vive sozinho no mundo. Atualmente até os computadores têm direito a uma rica vida social dentro das redes locais e da Internet. Faz todo o sentido ligar os micros em rede. Você não precisa ter uma impressora, um HD grande, um gravador de CDs e uma linha telefônica (para conectar na Internet) para cada micro.Você pode ligar seus micros em rede e compartilhar cada uma dessas coisas entre todos eles. O uso mais comum atualmente é compartilhar a conexão com a Internet. Você tem apenas uma linha ADSL ou apenas uma assinatura do serviço de acesso via cabo e pode acessar, ao mesmo tempo a partir de todos os micros que tiver em sua casa ou empresa. Neste caso um dos micros atua como um ponto de encontro,enviando os pedidos de todos para a Internet e devolvendo as respostas. Outra necessidade comum é compartilhar arquivos. Antigamente (naquela época em que os micros tinham 512 KB de memória e que os homens eram homens e escreviam seus próprios sistemas operacionais) era usado o protocolo DPL/DPC (disquete pra lá, disquete pra cá), mas ele não era muito eficiente, principalmente quando o amigo queestava esperando os arquivos estava em outra cidade...

Os componentes básicos da rede são uma placa de rede para cada micro, os cabos e o hub ou switch que serve como um ponto de encontro, permitindo que todos os micros se enxerguem e conversem entre sí. As placas de rede já foram componentes caros, mas como elas são dispositivos relativamente simples e o funcionamento é baseado em padrõesabertos, qualquer um pode abrir uma fábrica de placas de rede o que faz com que exista uma concorrência acirrada que obriga os fabricantes a produzirem placas cada vez mais baratas e trabalhem com margens de lucro cada vez mais estreitas. As placas de rede mais baratas chegam a ser vendidas no atacado por menos de três dólares. O preço final é um pouco mais alto naturalmente, mas não é difícil acharplacas por 20 reais ou até menos.

Temos três padrões de redes Ethernet: de 10 megabits, 100 megabits e 1 gigabit. As placas são intercompatíveis, mas ao usar placas de velocidades diferentes, as duas vão conversar na velocidade da placa mais lenta. As redes e hubs de 10 megabits estão em desuso. Quase não se vêem mais à venda e nem são uma boa opção de compra de qualquer forma. As de 100 megabitssão o padrão atualmente e propiciam uma velocidade adequada para transmitir grandes arquivos. Como vimos, os HDs atuais são capazes de ler dados a 30 ou 40 megabytes por segundo. Se você dividir 100 megabits por 8, terá 12.5 megabytes por segundo. É bem menos que o HD é capaz, mas já é uma velocidade razoável. No que depender da rede, demora cerca de um minuto pra copiar um CD inteiro porexemplo. A opção para quem precisa de mais velocidade são as redes Gigabit Ethernet, que transmitem a até 1000 megabits (125 megabytes) por segundo. As placas Gigabit atuais são compatíveis com os mesmos cabos de par trançado Cat 5 usados pelas placas de 100 megabits, por isso a diferença de custo fica por conta apenas das placas e do switch. Elas ainda são muito mais caras, mas pouco a pouco o preço vaicaindo. Os cabos de rede mais usados atualmente são os cabos Cat 5 ou Cat 5e. O número indica a qualidade dos cabos. Existem cabos Cat 1 até Cat 7, mas como os cabos Cat 5 são suficientes tanto para redes de 100 quanto de 1000 megabits (chamadas de Gigabit Ethernet) eles são os mais comuns e mais baratos. Geralmente custam em torno de 70 centavos o metro. Você pode comprar quantos metros de cabosquiser, junto com os conectores e fazer (crimpar) os cabos você mesmo, ou pode comprá-los já prontos, muitas lojas nem cobram a mais por isso. Os cabos devem ter um mínimo de 30 centímetros e um máximo de 100 metros, a distância máxima que os sinais percorrem antes que comece a haver uma degradação que comprometa a comunicação.

Comprar os cabos já prontos é muito mais prático, mas tem...
tracking img