Recusros humanos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3943 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ARTIGO

A relação do homem com o trabalho na contemporaneidade: uma visão crítica fundamentada na Gestalt-Terapia

Man and Work in contemporary society – a critical view from GestaltTherapy

Mônica Botelho Alvim*, I
I

Professora da Universidade Católica de Brasília e do Instituto de Gestalt-Terapia de Brasília

Endereço para correspondência

RESUMO Discutir alguns aspectos relativosao envolvimento dos indivíduos com o trabalho na sociedade contemporânea é o objetivo do presente artigo. Partindo de uma breve reconstituição histórica da evolução do mundo do trabalho e das organizações, faz um recorte que atribui conotação crítica ao modelo contemporâneo de gestão participativa nas organizações, abordado aqui a partir das variáveis comprometimento e cultura organizacional.Sugere que esse modelo redunda em um processo de controle e disciplinação que age nos níveis mais sutis, promovendo uma “gestão dos afetos” (SELLIGMAN-SILVA,1994), que homogeneíza condutas e sentimentos em relação ao trabalho e à organização. Toma uma tonalidade sociológica presente na obra de Fritz Perls, fundador da Gestalt-Terapia, constrói relações com os conceitos de introjeção e retroflexão epropõe o trabalho clínico da Gestalt-Terapia como uma possibilidade de convidar o homem a uma existência com presença, possibilitando uma relação mais construtiva e prazerosa com o trabalho. Palavras-chave: Comprometimento organizacional, cultura organizacional, gestão participativa, Gestalt-Terapia, introjeção.

ESTUDOS E PESQUISAS EM PSICOLOGIA, UERJ, RJ, ANO 6, N. 2, 2º SEMESTRE DE 2006

122 ABSTRACT The present article proposes to argue some aspects about individuals’ involvement with their work and organizations nowadays. Making one brief historical reconstitution of the organizational field evolution, it attributes critical connotation to participationism in organizations, constructing relations between it and organizational commitment and organizational culture variables. Itsuggests that this management model results in control and discipline, by acting at the subtlest levels, promoting a kind of “management of the affects” (Selligman-Silva,1994). The goal is to homogenize behaviors and feelings towards organization. Taking a kind of sociological aspect in Fritz Perls’ work, it relates that phenomenon to introjection and retroflection - gestalt-therapy’s concepts.From this way, indicates a characteristic of the clinical work in gestalt-therapy, which invites people to an existence with presence, making possible a more constructive and pleasurable relationship with their work. Keywords: Organizational commitment, organizational culture, participationism, Gestalt-Therapy, introjection.

A relação do homem com o trabalho na contemporaneidade: uma visãocrítica fundamentada na Gestalt-Terapia
Temos observado, nos últimos anos, uma série de mudanças no mundo das organizações e do trabalho. No bojo dessas mudanças podemos observar um movimento crescente de envolvimento das pessoas com o seu trabalho e a vida profissional. Algumas vezes podemos notar até certa devoção de alguns indivíduos ao trabalho e à empresa, que nos faz pensar em laços relacionaissimilares àqueles mantidos com suas igrejas, por fanáticos fiéis. Este trabalho propõe-se a refletir um pouco sobre esse contexto. O mundo do trabalho e das organizações sofreu mudanças significativas ao longo dos tempos. Partiremos da Idade Moderna. No século XVII, a sociedade mercantilista já está desenvolvida. Surge a burguesia, oriunda dos segmentos dos antigos servos, que compraram sualiberdade e se dedicaram ao comércio e que começa, pela primeira vez na história do mundo, a modificar o sentido do trabalho. Até então, sua conotação era negativa, o trabalho era considerado uma atividade inferior e sem valor algum, destinado aos escravos. Com o surgimento da burguesia, há o início da valorização do trabalho e da crítica à vida ociosa. A partir dos avanços científicos do século XVII,...
tracking img