Recursos humanos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2416 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL
Professora Vanessa Aleixo
AULA 02
Uma visão geral do caminho a ser trilhado (pgs 11 a 23 do PLT)
O que vem a ser comportamento organizacional? (pgs 27 a 32 do PLT)
1

Objetivos:
- Identificar, nas teorias educacionais,
seus pontos essenciais e aqueles
comuns a todos elas;
- Explicar a importância de uma
compreensão mais clara do que venha a
serComportamento Organizacional

Hexagrama-Síntese
EDUCAÇÃO E CONHECIMENTO ÚTIL
Alfred North Whitehead

MAÊUTICA
Sócrates

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL
Daniel Goleman

INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS
Howard Gardner

EDUCAÇÃO CRÍTICA
Paulo Freire

APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL
Peter Senge

Alfred North Whitehead
A educação e a utilização do Conhecimento
1. "Só existe uma única disciplina para aeducação e esta é a vida
em todas as suas manifestações."
2. "A educação deve ser útil. E se ela não for útil, o que ela é
então? Trata-se de um talento a ser escondido...? É claro que a
educação deve ser útil, qualquer que seja seu objetivo na vida.
Ela é útil porque a compreensão é útil."
3. "As ideias teóricas devem sempre encontrar importantes
aplicações nos currículos dos alunos."
4. "Aeducação é a aquisição da arte da utilização do
conhecimento."
5. "NÃO ACREDITO" (O princípio da dúvida sistêmica é
fundamental ao desenvolvimento da ciência e do conhecimento)
... e ainda...
“É preciso pensar de maneira diferente daquela que estamos
habituados”.

Howard Gardner
INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS

A teoria das inteligências múltiplas baseia-se em três proposições
fundamentas:
• aspessoas não são iguais;
• um processo educacional funciona com maior eficácia se tais
diferenças são levadas em consideração e não negadas ou
simplesmente ignoradas;
• o nível teórico, não é possível tratar todas as pessoas baseado
numa dimensão única de inteligência. No nível prático, isso
significa dizer que uma abordagem educacional unidimensional
só poderá atingir, com eficácia, umpequeno percentual de
alunos.
A partir dessas constatações, Gardner inicia seu processo de
reflexão sobre o conceito de inteligência, definindo-o como “a
habilidade de resolver problemas ou criar produtos que são
valorizados em um ou mais contextos culturais”.

Com o tempo chegou-se a um conceito mais refinado, ou seja, inteligência como um potencial
biopsicológico de processar informações quepodem ser ativadas para resolver problemas ou criar
produtos considerados de valor em uma determinada cultura.
A partir daí Gardner estabelece em 1983 sete critérios que o auxiliam a estabelecer um conjunto de
inteligências, que são:
a) Linguística.
b) Lógico-matemática.
c) Musical.
d) Corporal-cinestésica.
e) Espacial.
f) Interpessoal.
g) Intrapessoal.
Em 1999, ele considera três novasinteligências a saber:
h) Inteligência naturalista.
i) Inteligência espiritual.
j) Inteligência existencial.
Vamos salientar apenas alguns aspectos para nossa reflexão:
O autor traz para análise uma série de capacidades dos indivíduos que antes não eram sequer
consideradas.
Desafiou a crença largamente difundida de uma inteligência unidimensional, sinônima unicamente
daquilo que eramedido pelos testes de QI.
A pergunta que se torna crítica é: “o que pode ser feito para que tais diferenças possam se tornar
centrais ao processo de ensino e aprendizagem?

PAULO FREIRE
PEDAGOGIA REVOLUCIONÁRIA
O conceito de aprendizagem de Freire é o da conscientização ou consciência
crítica.
A educação deve ser baseada na reflexão crítica sobre o homem e na análise de
suas condiçõesculturais. Assim, o processo de aprendizagem não deveria
preocupar-se apenas com a preparação da proficiência tecnológica das
estruturas para atividades do desenvolvimento, mas também com a vocação
ontológica do homem, como sujeito e não como objeto do processo
educacional.
A estratégia para conseguir uma consciência crítica seria a aprendizagem
baseada em técnicas de solução de problemas, ao...
tracking img