Ravello

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1548 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

 
O novo auditório da cidade de Ravello, que fica debruçado sobre um precipício junto ao mar, foi financiado pela União Europeia.
A estrutura foi projetada pelo arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer e passou dez anos envolvida em polêmicas ambientais e legais até ser finalmente concluída.
A onda de cimento armado de Niemeyer pode ser vista de longe, num pequeno trecho da CostaAmalfitana, no sul da Itália.
Ravello sobrevive de seu patrimônio cultural e o auditório  contribuirá para apresentações e exposições. O Auditório é um passo significativo no futuro da comunidade, que até o ano passado ficava sem turismo no inverno. Um projeto bem pensado, de arquitetura de grande qualidade, tem uma influência na economia local que ultrapassa sua área construída.

Objetivo

Oobjetivo do trabalho é descrever as etapas, os principais conceitos utilizados pelo arquiteto Oscar niemeyer na projetação do auditório na cidade de Ravello na Itália.
O auditório de Ravello é uma joia para as futuras gerações que pisarem as pedras do seu terraço para admirar o azul do mar e ouvir a música imortal dos grandes mestres, além de influenciar o turismo e a economia local.Vista satélite da cidade Ravello - Itália

Ravello é uma cidadezinha de extraordinária beleza. Tem uma localização privilegiada e obras de arte de épocas distintas em todo canto - vários de nossos prédios e igrejas são do século 12.
Esse ambiente excepcional com clima mediterrâneo, aliado à simpatia do povo e às delícias de nossa cozinha, tornou o vilarejo, desde o início da IdadeMédia, uma meca de viajantes ilustres. Boccaccio, Wagner, Virginia Woolf, D.H. Lawrence, Gide, Mirò, Escher, Grieg, Greta Garbo, Truman Capote, Gore Vidal e tantos outros, visitaram a cidade, inspirados pela beleza do local, escreveram grandes obras em Ravello.

Ravello sobrevive de seu patrimônio cultural. Surgiu a ideia de construir um auditório no final do século 19. Desde então, a comunidade jápensava em fazer uma homenagem a Wagner, que viveu e compôs na cidade. A cidade vive da música desde 1953, quando criou-se o festival de verão, com duração de 90 dias, e os músicos se apresentam a céu aberto nos jardins de vilas históricas. Em 2009, recebeu 97 mil pessoas do mundo todo. Mas, no inverno, o turismo cessa, os hotéis fecham as portas. Com o Auditório Oscar Niemeyer poderão apresentarconcertos e espetáculos, abrigar convenções e movimentar o turismo cultural durante o ano todo. No final deste inverno, em março, fizeram no Auditório Oscar Niemeyer primeiro Ravello Winter Festival, com seis grandes orquestras da Europa. Antes de cada concerto, houve a leitura de uma obra literária por um grande ator.

Vista da cidade de Ravello

O novo auditório da cidade de Ravelloque fica sobre um principio junto ao mar, custou 18,5 milhões de euros ou 48 milhões, financiados pela União Europeia.

Vista do auditório do precipício.

Niemeyer começou a projeta o auditório em 2000, a pedido do amigo Domenico De Mase, sociólogo que preside na fundação Ravello, que encomendou a obra.
O projeto demorou para sair do papel por causa de uma lei localque impede novas construções na cidade, de apenas 2.500 habitantes.

Na Itália, tem cinco grupos importantes que lutam pelo meio ambiente. Três foram favoráveis, um foi indiferente e o outro foi completamente contrário ao projeto.
No passado, esse grupo impediu a aprovação de dois projetos em Veneza: um de Le Corbusier e outro de Frank Lloyd Wright. Eles recorreram para bloquear o projeto deNiemeyer, fizeram o impossível para impedir, retardando sua realização.
A organização da Itália Nova voltou para defesa do patrimônio cultural, histórico e ambiental do pais, acionou a justiça para impedir a construção do auditório.
Depois de oito ações judiciais obstruindo a obra, o auditório finalmente saiu do papel quando o governo da região de Campânia aprovou uma lei regional se sobrepondo...
tracking img