Quilonbolas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1149 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 3


2 DESENVOLVIMENTO 4


3 CONSIDERAÇÕES FINAIS 5


REFERÊNCIA 6

6.7 referências bibliográfica 6.7






1 INTRODUÇÃO

Portanto dentro da diversidade desenvolvem pensamentos humanos que é ai que encontra diversas culturas, como raça, etnia e várias e é aonde vem o preconceito a descriminação causada com muita tolerância faz com os pensamentos semisturam e abrange uma ética sem liberdade. Como a alteridade dentro da tolerância tem o direito de ser o certo e errado que mesmo negativo temos que aceitar com seu defeito, mas estas reações sociais não se rompem porque, não separa suas ações de negativa e de positiva como ser liberal e ter o direto de ser diferente, no entanto dentro desses critérios temos as relações sociais mais agravantes hojeé dentro das políticas onde é praticado com bastante tolerância e encontramos na alteridade e na tolerância que trata do diferente respeito no ponto de vista a diferença entre se e na verdadeira cultura, nestas relações as questões mais vistas é a violência que é uma das culturas mais praticada, além do racismo, descriminação contra mulher isso sem destacar os direitos humanos, onde isso nãoacontece só Brasil, mas sim em países internacional e isso para a Antropologia vem sendo ritual o ato de violência contra as mulheres.
Uma vez que a inclusão da população afro-brasileira respeita suas etnias raciais, como os quilombolas é um do destaque, na ajuda dos debates dentro dos municípios e regiões, como assistência social que expressa uma diferente cultura social, por que exige dos gestoresum aprofundo olhar população afro-brasileira quilombolas que são um dos quesitos, mas fundamental para a política pública como tendo considerações suas necessidades social.

2 DESENVOLVIMENTO

Portanto com tantas diferenças sociais são desenvolvidas determinados casos diferentes, como a política é umas das éticas que mais reconhecemos no dia a dia contando com a diversidade que sempre tema vontade de ter a sua diferença, a alteridade desenvolvem sempre com a sua defesa e criticando o quanto pode os outros que é igual a tolerância que depende da idéia torna com o grande respeito é liberal o que, fala esta certo, a diferença é por que hoje no cotidiano o mais acontecido é estas misturas de diversidades, alguns preocupa com todos e outros querem para si mesmo, e vem sóultrapassando a descriminação começa com aqueles que são ricos, brancos, etc...tem uma alteridade maior que sem duvida cresce o seu poder de ser tudo, na maioria das vezes até mesmo dentro da família vem tendo uma desigualdade social, como o racismo, descriminação e preconceito do homossexual entre pais, a tolerância com a religião, a política que traz a ética que é uma falta de respeito dentro dadesigualdade social da própria família.
A população afro-brasileira é muito diferente por que respeita sua diferença na ética e na racionalidade, com a realidade os quilombolas que tem o seu direito social de varias conquista, como a política social e a Assistência Social na diversidade brasileira, mais tem uma dificuldade com os gestores nas necessidades sociais, para esse desenvolvimento osafro-brasileiros quilombolas elevam mais os estudos para ter experiência, e vem preocupado com a vida de cada comunidade e desenvolveu a não branco eleito para o beneficio social, então dentro das pesquisas o afro brasileiro quilombola tem mais respeito e conhecimento a relação social dentro das políticas e outras, como a preocupação dentro das sociedades e seus investimentos.
“No entanto em minharegião possuem alguns descendentes de quilombolas, mas poucos sabem por que, no meu município é composto de 3.500 habitantes, e é dentro das pequenas comunidades, onde mais encontra a desigualdade social, preconceito, descriminação, política e a desrespeito entre cada etnia, então no ponto de vista dentro do meu município aparece essas diversidades.”


3 CONSIDERAÇÕES FINAIS


Embora para...
tracking img