Proposta pedagogica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1027 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Proposta Pedagógica


A proposta pedagógica de Paulo Freire é uma forma revolucionária de se fazer o ato de ensinar. Ele vê o homem como sujeito inacabado sempre em construção “Na verdade, o inacabamento do ser ou sua inconclusão é próprio da experiência vital. Onde há vida, há inacabamento.” (FREIRE, 1997, p.55).
Sua pedagogia critico-libertadora é expressa poruma educação militante voltada aos setores populares e aos marginalizados da sociedade capitalista, onde os problemas principais da educação não são as questões pedagógicas, ao contrário, são questões políticas, ou seja é a noção de consciência crítica como conhecimento e prática de classe. Propondo a distinção entre ação cultural e revolução cultural para ele a ação cultural é desenvolvida emoposição à elite que controla o poder e a revolução cultural ocorre em completa harmonia com o regime revolucionário. Constituindo instrumento de emancipação do homem diante da opressão.
Para Paulo Freire a missão do professor é possibilitar ao aluno a criação e a produção de conhecimentos, a partir dos conteúdos conhecidos, sem considerá – los como verdades absolutas, pois “ Ensinarexige respeito aos saberes dos educandos”. (FREIRE, 1997, p.33). Com uma proposta antiautoritária, ele coloca que professores e alunos ensinam e aprendem juntos. O educador ao ensinar aprende, havendo uma transferência de conhecimento entre educador e educando, pois o professor não deve apenas transmitir conteúdos, mas também ensinar a pensar certo, a criticar o que se lê, a pesquisar, a ser curiosoe acima de tudo a respeitar os saberes do aluno.
Segundo Freire todo educador deve acreditar que é possível ocorrer mudanças. Todos devem participar da história, da cultura e da política. Ninguém deve ficar neutro, nem estudar só por estudar. A educação não pode aceitar a constante exploração dos oprimidos, a educação tem que servir para a autonomia e para a capacidade de dirigir,para formar cidadãos plenos, enfim, uma educação cidadã.
Sua proposta pedagógica tem um direcionamento que não perde de vista as diferenças entre homens e crianças, uma vez que ele não considerava a criança como um adulto em miniatura, mas como um ser portador de suas próprias especificidades.
Podemos distinguir três momentos claros na teoria de Paulo Freire que temcomo objetivo final a conscientização do aluno.
O primeiro é aquele em que o educador se inteira daquilo que o aluno conhece, não apenas para poder avançar no ensino de conteúdos, mas principalmente para trazer a cultura do educando para dentro da sala de aula.
O segundo momento é o de exploração das questões relativas aos temas em discussão o que permite que o alunoconstrua o caminho do senso comum para uma visão critica da realidade.
O terceiro é quando volta-se do abstrato para o concreto, na chamada etapa de problematização: o conteúdo em questão apresenta-se “dissecado” o que deve sugerir ações para superar impasses. A Educação Libertadora tem como premissa criar um senso critico que levasse as pessoas a entender, comprometer-se, elaborarpropostas, cobrar e transformar-se.
A proposta pedagógica de Paulo Freire é contemporânea e bem aplicável ao contexto da sociedade global e da informação em que vivemos, porque apesar de fazermos parte desta sociedade globalizada somos gente e enfrentamos dificuldades e como diria Paulo Freire “Gosto de ser gente porque, mesmo sabendo que as condições materiais, econômicas, sociais,políticas, culturais e ideológicas em que nos achamos geram quase sempre barreiras de difícil superação para o cumprimento de nossa tarefa histórica de mudar o mundo, sei também que os obstáculos não se eternizam”. (FREIRE, 2002, p. 60). Também porque em sua pedagogia Paulo Freire sempre sublinha a responsabilidade dos professores e a ética no exercício da tarefa docente, ética esta que...
tracking img