Queda dos estados nacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4760 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]





















































































SUMÁRIO


1 INTRODUÇÃO.........................................................................................................6

2 DA ESTATIZAÇÃO ÀGLOBALIZAÇÃO................................................................7
2.1 POLÍTICAS BRASILEIRAS PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL...................8
2.1.1 Planejamento Estratégico e o Desenvolvimento Local.....................................11
2.1.1.1 Barreiras locais..............................................................................................13
2.1.1.1.1Oportunidadeslocais...................................................................................16

3 OPINIÕES SOBRE O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO................................18
3.1 QUADRO DE TEMAS E OPNIÕES DIVERGENTES...........................................18

4 CONCLUSÃO.........................................................................................................19REFERÊNCIAS..........................................................................................................20

APÊNDICE – ONDE ESTÁ A VERDADE?................................................................21























1 INTRODUÇÃO




No atual mundo globalizado o sistema econômico está totalmente conectado aos mais variados níveis de mercado. Para haver um aproveitamento sustentável é necessário promover ocrescimento das raízes da economia, a nível mais descentralizado possível.
A unidade autônoma mais descentralizada do Estado é o município. Local onde tudo acontece: onde empresas estão fixadas, onde grandes partes dos consumidores se encontram, impactos são diretamente sentidos, e onde barreiras e oportunidades são levantadas.
Assim como a existência de uma sociedade fortedependerá da existência de famílias fortes, Um Estado com economia forte depende do desenvolvimento das suas unidades locais. Este trabalho explorará a importância deste fato e de que forma o governo tem tentado aplicá-lo.





2 DA ESTATIZAÇÃO À GLOBALIZAÇÃO





É tarefa difícil apontarmos algum acontecimento que possa ser definido como o divisor de águas do proposto tema;seja pela fluidez do capitalismo, que passou por sucessivas transformações ou pela histórica instabilidade dos governos que se reinventavam um sem-número de vezes.
O século XX viu o fortalecimento do Estado como controlador do sistema financeiro em resposta a crises de superprodução, inerentes ao próprio espírito capitalista. Um grande exemplo disso foi o New Deal executado pelogoverno americano, onde o Estado desempenhou um papel pró-ativo, com pesados investimentos em obras públicas, destruição de estoques agrícolas e mais importante, com o controle sobre os preços e a produção.
Nesse contexto a teoria Keynesiana ganhou força entre os principais países capitalistas, onde o Estado, por reconhecer que o ciclo econômico não é auto-regulável, deve agir não comoum expectador passivo, antes como promotor do bem social; nasce assim o Estado de bem-estar social. Como meio de financiar serviços públicos e criar esse novo formato político, o capitalismo foi tributado e comprimido em progressivos sistemas de arrecadação. Os grandes proprietários dos meios de produção, até então soberanos detentores do capital, foram obrigados a compartilhar parte dos seusganhos. Mas o que se seguiu não foi a solução absoluta dos problemas econômicos, mas apenas um breve período de prosperidade.
A solução adotada não durou o esperado; e por várias razões. Mas um dos grandes problemas do modelo seguido era que toda a sua base dependia de uma inflação sobre controle, o que se perdeu quando vários segmentos do sistema capitalista começaram a resistir à...
tracking img