Impacto da crise financeira em mocambique

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 56 (13877 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A crise económica mundial: implicações e impacto em
Moçambique no primeiro Semestre de 2009
por
Félix Simione
Discussion papers No. 65P
Janeiro de 2010
Direcção Nacional de
Estudos e Análise de Políticas
Ministério da Planificação e
Desenvolvimento
República de Moçambique
O objectivo das publicações é estimular a discussão e troca de ideias sobre questões
pertinentes para odesenvolvimento económico e social de Moçambique. Existem opiniões
diferentes acerca da melhor maneira de fomentar o desenvolvimento económico e social. As
publicações têm como objectivo abordar essa diversidade.
É de salientar que as ideias apresentadas nos documentos são da inteira
responsabilidade dos respectivos autores e não necessariamente reflectem o
posicionamento do Ministério de Planificaçãoe Desenvolvimento ou qualquer
instituição do Governo de Moçambique.
O logo foi gentilmente providenciado pelo artista moçambicano Ndlozy.
RESUMO
A comparação de agregados macroeconómicos nos primeiros semestres de 2008 e 2009
sugere que os efeitos da crise económica mundial foram notáveis em alguns sectores da
economia moçambicana no primeiro semestre de 2009. O sector externo foi o maisafectado, com a queda acentuada das exportações reflectindo a queda da demanda e
preços externos. No sector real, os sectores do turismo, transportes e comunicações, e
indústria mineira registaram desacelerações significativas no crescimento, reflectindo
parcialmente a retracção da demanda externa e restrições no acesso ao financiamento
externo. No sector fiscal, apesar do crescimento dosrecursos internos, o crescimento dos
recursos externos sob forma de donativos e as receitas provenientes dos mega-projectos
reduziram significativamente. Contudo, o sector monetário mostrou-se estável,
reflectindo sua fraca integração no sistema financeiro internacional. No geral, apesar da
desaceleração da economia, seu crescimento continuou robusto no primeiro semestre de
2009, com um crescimentodo PIB na ordem dos 5.6%. Espera-se que o crescimento real
do PIB desacelere de 6.7% em 2008 para 5.8% em 2009, reflectindo a queda da demanda
externa e preços de exportação.
1
1. Introdução
Desde Setembro de 2008, a economia mundial tem estado em recessão devido a crise
financeira internacional que, rapidamente, se transformou numa crise económica. Esta
crise tem estado a causar naseconomias desenvolvidas uma recessão e,
consequentemente, uma queda nos indicadores de confiança e nas expectativas. Apesar
da sua fraca (mas crescente) integração no sistema financeiro internacional, as economias
em desenvolvimento também têm sido afectadas pela crise, mas de forma indirecta. O
receio dos efeitos indirectos da crise levou a que as taxas de crescimento do produto
interno bruto(PIB) fossem revistas para baixo em muitos países em desenvolvimento.
Em Moçambique, desde Janeiro de 2009, o governo tem estado formalmente a monitorar
os potenciais canais de transmissão da crise para a economia nacional e as potenciais
medidas de politica para minimização do seu impacto. Foi nesse âmbito que foi criado
pelo Conselho de Ministros o Grupo de Acompanhamento da SituaçãoInternacional
(GASI). O GASI tem reportado periodicamente ao Conselho de Ministros a situação de
diversos aspectos da economia nacional face a conjuntura internacional.
O presente trabalho visa complementar o esforço do GASI, discutindo particularmente as
seguintes questões: (i) quais são os potenciais canais através dos quais a crise mundial
pode se alastrar para as economias em desenvolvimento? (ii)quais são os potenciais
factores de risco para Moçambique? (iii) quais são os sectores de actividade
potencialmente vulneráveis a crise? (iv) até que ponto a crise afectou a economia
nacional no primeiro semestre de 2009? e (v) quais são as perspectivas de crescimento no
médio prazo em Moçambique? Em adição a estas questões, o trabalho discute o papel do
governo para a minimização de...
tracking img