Publico privado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (519 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA CRÍTICA

Esteves, João Pissarra. Público/Privado. Instituto de Filosofia da Linguagem da Universidade Nova de Lisboa
1. CREDENCIAIS DO AUTOR
João José Pissarra Nunes Esteves, Professor naUniversidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (Departamento de Ciências da Comunicação). Tem Doutoramento em Ciências da Comunicação, Mestrado em Comunicação Social eLicenciatura em Comunicação Social pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Obras que mais se destacaram: “A Ética da Comunicação e as Médias Modernas” (1998) e o “ EspaçoPúblico e Democracia” (2003).

2. RESUMO DA OBRA

Artigo que discorre sobre as noções de público e privado na atualidade comparando com tempos passados, demonstrando a enorme variabilidadeocorrida ao longo dos anos e as diversidades de forma que originou diversas interpretações sobre o tema, constituindo no presente uma enorme complexidade nos conceitos.
João Pissarra Esteves cita a opiniãode diversos autores em seu texto, exemplificando o conceito de cada um deles. Segundo o mesmo, Gabriel Tarde foi dos primeiros autores a formular com clareza o sentido moderno da relaçãoPúblico-Provado, quando descreve que: “O agrupamento social em públicos é o que oferece aos caracteres individuais mais marcados as melhores possibilidades de se imporem, e às opiniões individuais originais asmelhores facilidades para se difundirem”. (901, p.55). Cita Ferry (1989 pp 16-17) e Arendt (1958, pp 33-40) discorrendo sobre o pensamento grego e, concluí que com esse novo sentido a valorização daliberdade permitiu a singularizarão das instâncias moderna do público e do privado face às congêneres do passado, onde o Público constituía-se como esfera da política (governo da cidade) e domínio daliberdade, oposto do Privado, definido como o domínio da casa, quando o indivíduo suspendia sua condição de cidadão para se assumir simplesmente como Senhor, no sentido de dominador do local.
Lega...
tracking img