Psicopatologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (562 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicopatologia pode ser definida como o ramo da ciência que estuda os fenômenos psíquicos de cunho anormal, exatamente como se apresentam á experiência imediata, de forma independente dos problemasclínicos, Estudando os gestos, o comportamento e as expressões dos enfermos além de relatos feitos pelos mesmos. Trata da doença mental, suas causas , mudanças estruturais e funcionais associadas aela e suas formas de manifestação.
A Psicopatologia deve considerar o individuo globalmente atentando sempre para os padrões de normalidade aonde o indivíduo a ser questionado está inserido, não sedeixando guiar cegamente pelos sintomas. Considerar um sintoma isolado é fazer com que o objetivo principal de entendê-lo (compreender o indivíduo) seja esquecido.
O objetivo da psicopatologia não deveser confundido com o da psiquiatria. O seu campo é mais restrito e se limita ao estudo dos fenômenos anormais da vida mental e tem como método a fenomenologia. Karl Jaspers (1883-1969), um dosprincipais autores da psicopatologia, afirma que esta é uma ciência básica, que serve de auxílio a psiquiatria, a qual é, por sua vez, um conhecimento aplicado a uma prática profissional e social concreta.Ao delimitar o campo de atuação da Psicopatologia Geral, Jaspers define a “Psiquiatria como profissão prática e Psicopatologia como Ciência”, sendo esta última responsável pelo estudo dasmanifestações da consciência, sejam essas manifestações consideradas normais ou anormais, asseverando que: “Aqui todo trabalho se relaciona com um caso particular. Não obstante, para satisfazer a exigênciadecorrente dos casos particulares, o psiquiatra lança mão, como Psicopatologista, de conceitos e princípios gerais (...)seus limites consistem em jamais poder reduzir o indivíduo humano a conceitospsicopatológicos.
Quando se estuda os sintomas psicopatológicos, costuma-se enfocar dois aspectos básicos: a forma do sintoma, isto é, sua estrutura básica, relativamente semelhante nos diversos pacientes(...
tracking img