Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (253 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O aquecimento pode ser em fornos, em banhos de sal ou o endurecimento pode ser obtido por chama ou por indução.
A temperatura do aquecimento situa-se acimada zona crítica de modo que ocorra formação de austenita e o tempo de permanência à temperatura depende da composição do material, sendo necessário para que hajasuficiente solução de carbono. A temperatura de aquecimento é determinada pela temperatura de transformação de cada ferro fundido em perticular e o temo depermanência à temperatura deve ser o suficiente para que ocorra aquecimento uniforme através de toda a secção das peças, recomendando-se cerca de 10 minutos porcentímetro de secção.
O resfriamento é levado a efeito geralmente a óleo, usando-se ar para ferros fundidos cinzentos de elevado teor de liga. Recomenda-se,ainda, devido ao fato das peças de ferro fundido temperadas serem muito sensíveis a fissuração, que elas sejam removidas do meio de resfriamento, assim que atemperatura atingir aproximadamente 150°C e sejam imediatamente revenidas.
O revenido, levado a efeito logo após a têmpera, em temperaturas bem inferiores àstemperaturas de transformação, reduz a fragilidade, alivia as tensões, diminui a dureza e melhora a resistência mecânica e a tenacidade.
Devido aos seuscaracterísticos estruturais e alto teor de carbono, os ferros fundidos podem apresentar vários problemas durante a têmpera, porém sua elevada endurecibilidade, permite autilização de meios brandos de resfriamento, o que atenua algumas dificuldades que podem surgir no resfriamento após a têmpera, como empenamento e fissuração.
tracking img