Psicopatologia infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3961 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicopatologia Infantil: A criança rotulada.

Apresentação Oral em GT





Autor(es): Ariana Santos Pereira, Jose Euclimar Xavier de Menezes


Psicopatologia infantil: Um olhar sobre a criança rotulada.
Ariana Santos Pereira¹
José Euclimar Xavier de Menezes²

¹Graduanda em Psicologia da Faculdade Santíssimo Sacramento de Alagoinhas/BA; Membro do grupo dePesquisa Epistemes da Subjetividade/CNPq.
²Mestre em Epistemes da Psicologia e da Psicanálise/Unicamp; Doutor em Filosofia da Psicologia/Unicamp; Pós Doutor em Filosofia Contemporânea/Pontificia Università Lateranense/Roma. Pesquisador e Professor do Programa em Família na Sociedade Contemporânea/UCSal, bem como da Faculdade Santíssimo Sacramento/Curso de Psicologia-Alagoinhas. Líder do grupode Pesquisa Epistemes da Subjetividade/CNPq.

Resumo: O séc. XXI vem se apresentando como o século do consumo, da tecnologia, da falta de tempo. Nesse universo em mutação constante (GIDDENS: 2006), ´habita´ a criança, sujeito culturalmente construído, a quem dispositivos legais dedicam a pensar mecanismos para o cuidado, o afeto e a proteção. Contudo, há que se inquirir de que maneira essecuidado ganhou tanta relevância e a que custo? ARIÈS (1999) e THERBORN (2006) mostram em seus trabalhos que essa preocupação com a infância é de data recente na história dos saberes. De que modo nasce o interesse da psicologia sobre a infância? Em Foucault vamos encontrar uma reflexão genuína a propósito das condições pelas quais foi instituída uma certa psicopatologia da infância. Como opsicólogo passa a mediar situações quando o que esta em foco não é mais o sofrimento psíquico do sujeito e sim uma demanda social que não consegue lidar com o comportamento inadequado da criança? E qual o ganho desse saber na proposição de conhecimentos, matrizes de intervenção da conduta da criança, sobretudo nas ações interventivas que normatizam o comportamento infantil?
Ao colocar em debate ointeresse da psicologia sobre a infância, os autores buscaram levar em conta uma perspectiva mais além que aquela que contempla prioritariamente os elementos de uma psicodiagnose da conduta da criança. Esse mais além introduz no debate aqui ensejado questões a propósito da constituição da subjetividade (FOUCAULT, 2000): Quem é a criança? E para quem a criança é esta definida em perspectiva negativae naturalista? Melhor ainda: o que faz a psicologia quando se ocupa com a infância? Na problematização aqui desenvolvida, buscou-se isolar na obra de Foucault os elementos constitutivos do seu levantamento histórico acerca dos motivos que propiciaram o surgimento de uma psicologia infantil, analisando qual foi o papel desse saber na percepção e no manejo da criança como “sujeito psicológico”. Apesquisa que possibilitou a construção do presente ensaio, ensejou identificar os elementos mais relevantes da crítica de Foucault endereçada à psicologia, na qual o autor questiona os métodos deste saber, em particular aqueles utilizados pela psicanálise, por conferirem os mesmos sentidos às noções de doença nos âmbitos das patologias mentais e orgânicas. Buscou-se colocar em evidência onaturalismo, em termos principiológicos e metodológicos pelos quais a psicologia se apossa do sujeito humano, particularmente da criança. A metodologia utilizada é a bibliográfica, que consiste em fazer recortes lógicos em um dado estado da arte aqui reunido, isolando nele a rede epistêmica para debater o papel do psicólogo em uma sociedade que interpela o profissional para normalizar o comportamento decriança que está fora dos padrões ditos normais. Qual deve ser a postura de um psicólogo diante de uma realidade em que a criança é levada a uma clínica terapêutica não por causa do seu sofrimento psíquico, mas em razão de o seu comportamento não se encaixar mais na normalidade social? Do inventário foucauldiano resulta a evidência de que um psicólogo deve ser sujeito crítico da sua profissão...
tracking img