Psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2033 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

Neste portfólio vamos tentar compreender se o uso do crack é um problema social restrito somente às metrópoles ou se está presente em todas as regiões do Brasil, tanto nos grandes centros quanto nos pequenos municípios, e que o mesmo representa um grave problema social que precisa ser enfrentado não apenas pelo poder público, mas também por toda a sociedade. Intercalando a discussão oprocesso da formação histórica, psicológica e cultural dessas populações e os aspectos relacionados com o uso e abuso de drogas, especificamente o crack. O uso de tais drogas transformou-se num grave problema de saúde pública, atingindo praticamente todas as cidades do Brasil e não apenas as grandes metrópoles. O uso do Crack está associado com comportamentos violentos e criminais, principalmenteentre indivíduos com histórico de agressividade e com complicações médicas e psiquiátricas, elevando drasticamente os índices de mortalidade. É importante o conhecimento de alterações emocionais para um melhor planejamento de programas preventivos, buscando uma metodologia mais eficaz para dependentes de drogas. Freqüentemente, os dependentes químicos apresentam muita resistência para fazer epermanecer em tratamento. Com a identificação de alterações emocionais, os pacientes devem receber o tratamento mais adequado. O uso nocivo de substâncias foi por muito tempo tratado por meio de ações punitivas ao invés de preventivas e terapêuticas, sendo a dependência química considerada como "falha moral" ou "falta de força de vontade". Entretanto, nas últimas décadas, com o progressivodesenvolvimento dos estudos científicos, a dependência química passou a ser compreendida como um sério problema de saúde, que afeta o cérebro e, conseqüentemente, o comportamento. O uso do crack pode estar relacionado ao trabalho, questões sociais, ruptura com os vínculos familiares e religiosos. As condições precárias de sobrevivência dos usuários forçam ao poder público agir de forma compulsória pararetirá-los das ruas, pois, estando eles sem condição de agir por conta própria e assumir seus atos, tornam-se violentos e seus valores acabam sendo desenraizados. Assim, a intenção será analisar pontos em comum que possam oferecer respostas às questões sociais sobre os porquês do consumo de crack por parte dessas populações.

CRACK, UM PROBLEMA DE TODOS

O uso de drogas, em especial o crak, estáabrangendo áreas nas quais não havia consumo significativo, especialmente em pequenas cidades. Este aumento está relacionado a vários fatores, tais como, o baixo custo das drogas, a facilidade de consegui-las, entre outros.
A maioria desses usuários são crianças e adolescentes que, muitas vezes, entram como pequenos traficantes, em busca de dinheiro e acabam tornando-se grandes usuários, perdendo ocontrole, o sentido da vida e fazem de tudo para conseguir a droga. Essa situação afeta muito a vida social, o psicológico e o físico do usuário. As vezes chegam a se prostituírem em troca de drogas, não têm controle da situação, amigos acabam se afastando, familiares que não sabem como ajudá-los deixam-os de lado.
As abordagens aos usuários de crack exigem paciência, respeito aos seus direitos,enquanto cidadãos. Não podemos tratá-los como bandidos, como criminosos, porque, na verdade, eles são doentes e precisam de tratamento. É preciso oferecer ao craqueiro uma alternativa de vida para tirá-lo das ruas. Além disso, criar novos centros de recuperação, formados por equipes de profissionais bem pagos, dispostos a aprender a lidar com os dependentes, a conduzir pesquisas e definirestratégias baseadas em evidências capazes de ajudar aos inúmeros usuários dispostos a escapar do inferno em que vivem. O dependente de crack deve receber apoio social e ser tratado com critérios semelhantes aos que usamos no caso dos hipertensos, dos diabéticos, dos portadores de câncer, Aids e de outras doenças crônicas.
A epidemia de crack deixa a sociedade perplexa, tememos por nossos filhos, pela...
tracking img