Psicologia Geral Experimental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2194 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de setembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto



PSICOLOGIA
PSICOLOGIA GERAL EXPERIMENTAL






Eloá Gasparotto- B377DH-3




BAURU
2013

RESUMO
A análise do comportamento origina-se de uma posição behaviorista e utiliza-se de contingências e de relações funcionais como instrumentos para o estudo de interações organismo-ambiente. O experimentador manipula contingências em busca de relações funcionais e das condições(variáveis de contexto) nas quais podem ser observadas. Skinner desenvolveu processos experimentais como a “Caixa de Skinner”. O procedimento que defendia uma linha de estudo conhecida como Behaviorismo Radical, que é uma filosofia de ciência do comportamento. Assim esse experimento será relatado com rato virtual, realizado em Laboratório de Informática com todo seu aparato comportamental devidamenteelaborado.

Palavras-chave: comportamento operante e respondente, estímulo discriminativo, generalização e extinção.

SUMÁRIO
























INTRODUÇÃO
Na década de 1920, Pavlov começou a estudar o comportamento de salivação de cães. Pavlov percebeu que com o tempo a salivação passava a ocorrer diante de situações e estímulos que anteriormente não causavamtal comportamento. Em seu laboratório de pesquisa, ele criou um experimento que o tornou mundialmente famoso: Toda vez que ele dava comida ao cão ele tocava uma sineta. Depois de certo tempo, apenas tocando a sineta, o cão salivava. Ou seja, ele provou o condicionamento animal, que explica a causa de certas fobias em humanos. Assim, teorizou e enunciou a teoria de condicionamento clássico.
Watson,considerado o fundador do Behaviorismo, estudou a natureza do comportamento animal e, utilizando os mesmos princípios, estendeu seus estudos à investigação do comportamento humano, que o levou a conclusão da complexidade deste último em relação ao comportamento animal. Segundo Watson, todos os animais, são máquinas extremamente complexas que respondem à estímulos e podem ser condicionados porexperiência. Watson demonstrou a sua teoria das respostas condicionadas nos estudos experimentais realizados com o bebê Albert de 11 meses, condicionando-o a ter medo de um rato branco, que ele não temia antes de ser submetido  ao  condicionamento, depois passou a apresentar esse mesmo estímulo (rato) emparelhado com outro estímulo: um barulho muito forte, que fazia o bebê se assustar, ter medo. Apóssucessivos emparelhamentos, Watson parou de apresentar o barulho ao mesmo tempo em que apresentava o rato e, ainda assim, o pequeno Albert exibia comportamentos medrosos. Albert aprendeu a ter medo não somente do rato branco, mas de qualquer coisa que se parecesse com o rato. E assim comprovou sua teoria onde dizia que os seres humanos são como uma “tábula rasa”, onde tudo poderia ser aprendido, eque somos determinados pelo nosso ambiente.
B. F. Skinner, condutor de trabalhos pioneiros em Psicologia Experimental, aprofundou as pesquisas da área, inaugurando o que chamou de Behaviorismo Radical. Fazendo uso também de experimentos com animais, ele desenvolveu o conceito de condicionamento operante.  O termo faz referência ao fato de que os comportamentos operam no meio modificando-o, epor sua vez estas modificações também alteram o comportamento. Nosso comportamento é raramente reforçado toda vez que ocorre. Podemos analisar que há muitos comportamentos que persistem, mesmo que sejam reforçados apenas eventualmente. Skinner em seu experimento investigou diferentes esquemas de reforçamento para determinar a sua efetividade em controlar o comportamento. Um esquema de reforço é umpadrão especifico de apresentação de reforçadores no tempo. O padrão mais simples é reforço continuo que ocorre quando cada resposta esperada produzida é reforçada. No laboratório, frequentemente utilizam para moldar e estabelecer uma nova resposta antes de prosseguir para esquemas mais realistas. Skinner aponta que na vida cotidiana fora do laboratório de psicologia são improváveis os esquemas...
tracking img