Psicologia cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1053 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PSICOLOGIA CULTURAL



De acordo com definição explanada por Fernando Lacerda Júnior (2011), a Psicologia Cultural objetiva analisar os problemas psicológicos para identificar quais são seus aspectos culturais, a fim de compreender como eles operam na organização psíquica do indivíduo. Essa investigação também contempla um cunho um tanto revolucionário, pois, pretende caso necessário,reformular as estruturas culturais que deflagram determinados comportamentos, visto que estes são constructos culturais, a intervenção também deve contemplar a conjuntura cultural.

Vale salientar que a perspectiva da Psicologia Cultural adotada pelo pesquisador não está vinculada à vertentes que entendem os fenômenos psicológicos como eventos individuais, exclusivamente subjetivos que encaram acultura como oriunda de significados singulares e simbólicos. Ele também nega a corrente evolucionária na qual associa o comportamento humano perante a mesma conjuntura cultural do comportamento animal. Essa postura perde as vantagens de observar a cultura como um fenômeno adaptativo único que determina a vida em sociedade. A Psicologia Cultural também se difere da Psicologia Intercultural, em virtudeda sua mera aplicação de uma corrente psicológica no estudo de uma cultura.(JÚNIOR, 2011).

Para o autor a cultura é um complexo composto de três fatores macro culturais: instituições sociais/políticas, conceitos culturais e infra-estrutura física e artefatos. Com o intuito de explicar como estes fatores influenciam a vida dos sujeitos, o autor recorre a Ratner (2006):Seres humanos constroem instituições físicas e sociais, artefatos e conceitos para superar as limitações de forças, conhecimento, informação sensorial e habilidades corporais. Macroestruturas combinam a potência, o conhecimento, as habilidades e a criatividade de muitas pessoas em ações sociais, físicas e conceituais coordenadas. Assim, as pessoas tornam-se membros de macroestruturas, tornam-seindivíduos socialmente estruturados (p.41).

As macroestruturas são vitais para estruturar o sentido de vida e a experiência das pessoas, porque elas desempenham um papel crucial na seleção de conceitos pelos quais elas irão definir e interpretar a si mesmas e a realidade circundante. A contextualização da relação cultura e constituição psíquica retomam desde o Paleolítico Superior, afirmando que osurgimento da linguagem é da mesma época do surgimento dos artefatos. Assim como, o surgimento das operações lingüísticas complexas como a escrita e da matemática também são concomitantes a complexificação da produção dos artefatos no Neolítico. Isso permite a reflexão no tocante a interdependência do funcionamento cerebral com as experiências de vida. "(...) O funcionamento cerebral demonstra queo número de sinapses e de neurônios é dependente das experiências humanas"(JÚNIOR, p.198. 2011). Portanto se a experiência acontece imersa no contexto cultural, este interfere no contexto cognitivo.

Neste sentido Leme (2012) apresenta a teoria da construção coletiva dentro da Psicologia Cultural, ponderando que as situações sociais disponibilizadas em uma determinada conjuntura cultural,possibilitam, instigam experiências e seus conseqüentes desdobramentos associados. O autor alerta para o fato da Psicologia Cultural ser um importante instrumento de avaliação de construção de si - mesmo. Essa construção auxilia na compreensão da construção da cognição e da afetividade. Isso ocorre, porque dependendo do contexto, ele vai influenciar determinadas experiências do que outras, cujas quaisrepercutem em determinados tipos de representações de si - mesmo.

Observa-se que a experiência subjetiva é sentida pela própria pessoa, mas a razão principal pela qual ela se sente dessa forma, e não de outra, é que a experiência é promovida pela forma particular em que sua ação é definida e relacionada ao ambiente.(LEME, 2012.p.100).

Como o comentado, as conjecturas...
tracking img