Provas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 84 (20958 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Linguística é a ciência que estuda a linguagem verbal humana. Como toda a ciência, ela baseia-se em observações conduzidas através de métodos, com fundamentação em uma teoria.

Portanto, a função de um linguista é estudar toda e qualquer manifestação linguística como um fato merecedor de descrição e explicação dentro de um quadro científico adequado.


BREVE HISTÓRICO DA GEOGRAFIALINGÜÍSTICA
Alfredo Maceira Rodríguez
Mestre em Filologia Românica e Doutor em Lingüística (UFRJ)
Professor de Lingüística na FFP (UERJ)
1. INTRODUÇÃO
Os estudos lingüísticos com base científica muito se aprofundaram com a dedicação e entusiasmo dos neogramáticos, mas foi à oposição a esta corrente historicista que permitiu outros enfoques para os estudo das línguas. Na segunda metade do século XIX,Henry Sweet, destacou-se na Inglaterra pela sua hostilidade aos estudos históricos, intimamente ligados à Alemanha e voltou-se para o estudo dos aspectos descritivo e sincrônico das línguas, particularmente da fonética.  Inicialmente os estudos dialetais inseriam-se no método diacrônico. Para o estudo de um dialeto popular, visitava-se a área de interesse e anotavam-se as particularidades lingüísticasque se julgavam de maior interesse: pronúncia, morfologia, sintaxe, e, em menor escala, o léxico.
Antes dos neogramáticos, o estudo científico dos dialetos já havia sido iniciado pelo lingüista italiano Ascoli.

Os neogramáticos defendiam a idéia de que as leis fonéticas deviam explicar-se por leis puramente naturais, embora admitissem a influência da analogia. Contra estes exagerosinsurgiram-se de início Ascoli na Itália e Hugo Schuchardt na Áustria. Ascoli opõem-se ao esquematismo das leis fonéticas e luta pelo reconhecimento dos estudos dialetológicos porque acha que o estudo das línguas vivas permite melhor conhecimento das línguas do passado. Schuchardt também se opõe à comparação das leis fonéticas com leis naturais. Foi ele quem antecipou o conceito de dialeto, tal como hoje éaceito pela lingüística moderna. Ao menos, parte da variação lingüística ocorreria porque fenômenos lingüísticos se expandiam no espaço geográfico, não se podendo estabelecer fronteiras dialetais bem definidas. Esta teoria contrariava a dos neogramáticos que só admitia a variação fonética regular. A preocupação com a dialetologia deu lugar a um grande número de estudos nessa área, até sedesenvolver uma nova metodologia que se tornou mais conhecida como Geografia Linguística. Esta nova corrente de estudos lingüísticos veio proporcionar um grande desenvolvimento aos estudos de Filologia Românica e à Romanística em geral.
2. OS ATLAS LINGÜÍSTICOS
A metodologia da geografia lingüística baseava-se na elaboração de cartas geográficas, mapas, ou melhor, atlas lingüísticos. Estes atlas tinhampor finalidade estudar in loco um ou mais fenômenos lingüísticos para poder traçar isoglossas que determinassem a extensão de cada traço dialetal. Estes atlas representavam um grande avanço em relação às coletas de dados anteriores, as quais não permitiam correta interpretação dos dados e menos ainda uma visão global como a proporcionada pelas isoglossas numa representação gráfica.

Os atlaslingüísticos foram os instrumentos que permitiram recolher a língua viva até com a intenção de “curar” males de que uma dada língua poderia estar sendo acometida . Outra preocupação destes estudiosos era a preservação dos dialetos, considerados sob ameaça pela expansão das grandes línguas nacionais.

Os atlas lingüísticos obedeciam a rigoroso planejamento. Limitava-se a uma área geográfica quepudesse ser estudada e estabeleciam-se normas para determinar o objetivo pretendido e a execução das pesquisas de campo para coletar os dados. Depois de reunir os dados de todas as regiões do território, procedia-se a seu processamento, até à elaboração e publicação do atlas respectivo.

Vários foram os atlas planejados, nem todos realizados ou concluídos, e sua metodologia variaram bastante,...
tracking img