Protocolo 21 e sua inconstitucionalidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (990 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera-Uniderp
Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes










PROTOCOLO 21/20111 E SUA INCONSTITUCIONALIDADE










EDSON BARBOSACORDEIRO









JOÃO PESSOA/ PARAIBA
2011




1.IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO
PROTOCOLO 21 E SUAINCONSTITUCIONALIDADE

1.1.TEMA

No dia 07 de abril de 2011 o Conselho Nacional de Politica Fazendaria tornou publico o Protocolo ICMS/ CONFAZ n°21/ 2011, que fora assinado por secretários de fazenda, receita,finanças ou tributação, junto com gerentes de receita dos estados do Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, RioGrande do Norte, Roraima, Rondônia, Sergipe e Tocantins, além do Distrito Federal, o qual institui nova sistemática na cobrança do ICMS nas compras feitas ,pela internet, "showroon" e "telemarketing"diretamente por consumidor final, acirrando ainda mais a guerra fiscal entre os entes da federação; ferindo assim o pacto federativo, os direitos individuais dos consumidores, nao respeitando aconstituição de 1988.

1.2.FORMULAÇÃO DO PROBLEMA

O protocolo ICMS CONFAZ n° 21/ 2011 fere o principio da neutralidade e do pacto federativo, norteador da Republica Federativa do Brasil, e mostra como osEstados visam somente suas próprias vantagens em detrimento dos outros Estados e da própria federação. Tambem o aludido protocolo 21/2011 fere princípios constitucionais como o que proíbe oestabelecimento de diferenças tributárias entre bens de qualquer natureza, em razão de sua procedência ou destino, que proíbe a bitributacao, o principio da legalidade restrita em materia tributária, alem dosprincípios da competência e moralidade, tendo também o aludido protocolo um vicio formal; também demonstra a falta de planejamento das autoridades competentes.

1.3.JUSTIFICATIVA

A cobrança...
tracking img