Protecionismo x liberalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2479 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Protecionismo x Liberalismo

ADRIANE BRUNHEROTTO dri_b1@yahoo.com.br

1

LAURENT LIMA papercut_lima@hotmail.com THIAGO GALDINO tgunimep@yahoo.com.br

Resumo: No comercio internacional os países utilizam de políticas econômicas diversificadas com o objetivo de obter vantagens em busca do bem-estar e desenvolvimento econômico. Dentre as políticas econômicas adotadas, algumas restringem omercado e outras abrem. A decisão de proteger o mercado interno leva os países a impor medidas que inibam a entrada de produto externo no país e, quando há abertura comercial, o país cria facilidades para que produtos importados entrem no país, mas ambas as decisões trazem também conseqüências que nem sempre garantem o objetivo. Palavras-Chave: Comércio Internacional, Econômicas, Protecionismo,Liberalismo Desenvolvimento Econômico, Políticas

Abstract: In the international trade the countries use diverse economic policies in order to gain advantages in search of well-being and economic development. Among the economic policies adopted, some restrict the market and others open. The decision to protect the domestic market leads countries to impose measures that inhibit the entry of foreignproducts in the country and when there is open trade, the country establishing facilities that imported products enter in the country, but the two decisions also bring consequences that neither always guarantee order. Keywords: International Protectionism, Liberalism Business, Economic Development, Economic Policy,

1.

INTRODUÇÃO Desde o início do comércio entre as nações, há a buscaincessante do desenvolvimento econômico e bem-estar dos cidadãos. Para isso, os governos adotam diferentes medidas, que são as políticas econômicas, ora protegendo o mercado interno, ora abrindo. Ao adotar medidas protecionistas, que podem ser subsídios a produtores internos ou barreiras à importação, entre outros, os países tentam ajudar o mercado interno a se desenvolver até o ponto em que esteja fortepara competir com outros países mais
1

UNIMEP, Faculdade de Gestão e Negócios. Alunos do Curso de Negócios Internacionais. Texto desenvolvido na disciplina de Conjuntura Econômica Brasileira. 1S/2010.

desenvolvidos. Essas medidas visão diminuir o número de produtos importados que competem no mercado interno. Quanto ao liberalismo, a função é inversa, os países abrem o mercado para queentrem mercadorias importadas e assim fazem com que os produtores internos se desenvolvam para competir ao pé de igualdade com produtos importados. Existem diversas discussões sobre quais políticas econômicas garantem melhor desenvolvimento dentro de um país ou no comércio internacional, onde são analisados pontos de vista, vantagens e desvantagens do protecionismo e do liberalismo. Nesse artigo vamosabordar as vantagens e desvantagens das políticas econômicas protecionistas e liberais mostrando as conseqüências das mesmas para seus adeptos. A pesquisa bibliográfica foi realizada em livros de economia e comércio exterior e outras produções acadêmicas como artigos científicos.

2.

REFERENCIALTEÓRICO Desde a Antiguidade as nações preocupam-se com o seu desenvolvimento e bemestar do seu povoe o comércio internacional é considerado uma fonte para alcançar esse objetivo. Porém, é só a partir do Mercantilismo, século XVI, das grandes navegações, que surgiram as teorias comerciais que conhecemos e são praticadas até hoje. Segundo Soares (2004) o Mercantilismo fez parte de uma transição histórica, do feudalismo para o capitalismo. Gonçalves et al. (1998) dizem que o Mercantilismo,através da monetização da economia, consolidou o Estado moderno. A era do Mercantilismo foi marcada pelo entesouramento das nações e a preocupação com a riqueza delas. Outra era importante para a economia teve como marco a Revolução Industrial Inglesa, século XVIII. Nesse período houve uma revolução em diversos aspectos da economia, desde o pequeno agricultor até aos donos de capital, dando início a...
tracking img